Três Lagoas-MS

  Últimas
Copa do Brasil: São Paulo vence nos pênaltis e está nas quartas
Sitiante de Arapuá morre e três ficam feridos em acidente na estrada vicinal de Garcias
Nos acréscimos, Flamengo empata com Internacional no Beira-Rio
Brasileiro: Coritiba anuncia saída do técnico Jorginho
Polícia Militar Ambiental de Anastácio autua quatro pessoas por transporte ilegal de pescado e apreende pescado e veículo
Série B: Em Recife, Cruzeiro apenas empata com Náutico
Brasileiro Feminino: Corinthians vence Grêmio em Porto Alegre
Fluminense vence Santos e assume quarta posição do Brasileiro
PRF apreende cerca de 1,5 tonelada de agrotóxicos em Rio Brilhante (MS)
Brasil fecha Grand Slam de Judô de Budapeste com mais 2 bronzes
Polícia Militar Ambiental de Miranda socorre filhote de cervo-do-pantanal ferido à margem de rodovia depois de atropelamento
Após derrota para Real, Barça confirma lesão de Philippe Coutinho
Em Três Lagoas| PM apreende exemplares de jornais com difamações contra candidatos
Ronaldinho Gaúcho testa positivo para coronavírus
Liga Nacional de Futsal: Joinville e Foz Cataratas empatam no sul
Polícia Militar Ambiental autua em R$ 10 mil mulher de 32 anos detida pela PRF por tráfico de filhotes de papagaios
Morre aos 67 anos Benedito Faustino Filho, produtor do Assentamento 20 de Março
Lewis Hamilton se torna maior vencedor da Fórmula 1
Com novos testes positivos, casos de Covid-19 continuam crescendo em todo o MS
Os corpos da família Baravelli são velados no Memorial Vid Prev de Dracena
PRF apreende 908,9 Kg de maconha em Guia Lopes da Laguna (MS)
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo localiza e autua um pescador e autuará outro que divulgaram vídeo e fotos nas redes sociais praticando pesca predatória
Acidente na BR 262 tira a vida da família Baravelli
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande prende ladrão pouco depois de pedido de socorro de vítima desesperada por ter sido assalta por homem com pistola
Polícia Militar prende autores de furto, receptação e tráfico de drogas em Coxim
Com retrospecto favorável, Internacional encara Flamengo no Beira-Rio
LNF: em meio a maratona, Joinville recebe esperançoso Foz Cataratas
Domingo de céu encoberto e chuva para Mato Grosso do Sul
Interface Pesquisa, Ciência e Comunicação é tema de quarto episódio do Biotacast
Com desempenho recorde em setembro, Mato Grosso do Sul abriu quase 6 mil empresas em 2020
Next
Prev

Arapuá

Em Arapuá| Coronavírus atinge severamente o Distrito com 15 positivos e 45 suspeitos

Publicado

Os 15 positivos ativos são todos moradores da área central do Arapuá, em sua maioria mulheres, e Covid-19 pode ter atingido 10% do Distrito

No dia 14 de setembro noticiamos no ArapuáNews dois casos positivos para o Coronavírus Covid-19 e vários casos suspeitos.

Neste sábado (19) colhemos informações com a Unidade de Saúde do Distrito, dos testes que faltavam chegar com os resultados.

A preocupação dos profissionais de saúde de Arapuá do dia (14) foi confirmada, dentro do Distrito tem a média de 600 pessoas registradas na unidade, sem contar sítios e fazendas, que abrange a região.

E os resultados foram de 15 positivos neste sábado (19) de setembro, 4 esperando resultado, 1 negativo e 1 recuperado.

Mas os que tiveram contato com os positivos pode chegar de 45 a 60 pessoas, muitas dessas pessoas tem os sintomas, mas não procuram a unidade para fazer teste swab, onde colhe a secreção das narinas, e logo após são encaminhados para o Lacen de Campo Grande, que retorna com o resultado se positivo ou negativo, após três dias.

Essas informações são armazenadas no sistema nacional de saúde, com total segurança e descrição, já que os nomes por lei não podem de forma alguma serem divulgados.

As pessoas desde a suspeita, já têm que estar em quarentena domiciliar de dez dias, mais dois para comprovar se continua com os sintomas, caso, acrescenta mais três dias, durante esses tempo essas pessoas são monitoradas diariamente.

Mas infelizmente muitas dessas pessoas levam na brincadeira, e acaba saindo de suas residências, colocando em risco a saúde de terceiros, e quando positivadas com o resultado, ai já alastraram o covid.

Pela proporção do tamanho da área central do Distrito de Arapuá, a doença já pode ter atingido dez (10%) por cento da população, muitas dessas pessoas com os sintomas não foram até a unidade fazer o teste.

Para se ter uma ideia até o dia 14 de setembro as cidades vizinhas, Água Clara/MS tinha 102 casos confirmados e Brasilândia 103 casos, se os moradores do Distrito não se cuidarem podem chegar a esse número, muito pelo tamanho do Arapuá.

Os profissionais de saúde do nosso Distrito orientam ligar no (67) 992436614, antes de sair de casa ou procurar a unidade se necessário para evitar a proliferação do vírus, com a ligação o paciente será orientado e agendado para evitar aglomeração.

Muito diferente de algumas unidades de Três Lagoas, a UBS “Altair Cabral Trannin” do Arapuá, continua atendendo a população, mesmo neste momento deste elevado pico do Coronavírus, mas o bom mesmo é ficar em casa, e sair só em caso de extrema necessidade, e seguir todos os protocolos de segurança contra o Covid0-19, como uso de mascaras, uso do álcool em gel nas mãos, evitar contato e o distanciamento de no mínimo 1,5 metros.

Como já havíamos falado, as informações do Coronavírus do Distrito são incluídas no boletim epidemiológico da Secretária de Saúde de Três Lagoas com os demais bairros, englobando num todo como Município de Três Lagoas.

Os positivos que aconteceram desde o início da pandemia no Distrito de Arapuá, julho (02), agosto (03), setembro (16), chegando num total de 21 positivos nesses setes meses de pandemia, ativos com o coronavírus nesse momento (19) de setembro, é de 15 pessoas positivas.

Diante do aumento dos casos de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus no Distrito de Arapuá, a Secretária de Saúde de Três Lagoas instalou uma tenda de triagem aos pacientes com suspeita da doença.Se o paciente com os sintomas gripais que esperar na tenda, para depois da triagem ser levada para dentro da Unidade de Saúde do Distrito.

Uma equipe da vigilância sanitária acompanhada da polícia militar, acabou com uma partida de futebol na tarde deste sábado (19), que estava acontecendo num sitio à 25 Km do Distrito, com alguns moradores de Arapuá entre os atletas, o local foi interditado.

As denúncias pode ser feitas na vigilância sanitária de Três Lagoas 3929-1861/99143-3122.

Em Três Lagoas

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), divulgou o Boletim Epidemiológico COVID-19 deste sábado (19).

Mais 42 casos foram confirmados como positivos hoje. Mais 15 pessoas finalizaram a quarentena, não apresentam sintomas e foram consideradas como recuperadas da doença.

No hospital estão 20 pessoas, 03 confirmados em UTI pública, 03 em UTI privada, 04 em enfermaria pública e 01 em enfermaria privada. Entre os suspeitos, 02 estão em enfermaria pública, 01 em enfermaria privada, 04 em UTI pública e 02 em UTI privada.

Portanto, Três lagoas chegou a 13023 notificações, destes, 1801 foram confirmados e 11222 deram negativo. Entre os positivos, 1246 já se recuperaram da doença e 26 foram a óbito, então o número de casos ativos subiu para 529.

No Mato Grosso do Sul

Durante a divulgação do Boletim Coronavírus deste sábado (19) o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, observou os números das últimas 9 semanas, cuja média foi de 5 mil casos por semana, 685 casos/dia. Com este alto patamar, segundo Resende, as internações e óbitos tendem a continuar. A taxa de contágio está em 1,02 e de óbitos 1,8%.

Nas últimas 24 horas foram registrados mais 649 novos casos e 14 óbitos em todo o Estado. Os municípios com maiores altas foram Campo Grande (235 novos casos e 6 óbitos); Dourados com 32 casos e 2 óbitos; Corumbá, que registrou 79 casos novos; Sidrolândia, com 12 casos novos; Aquidauana (16 casos e 1 óbito). Os demais óbitos foram em Bonito, Cassilândia, Ponta Porã, Ivinhema e Sete Quedas.

O total de casos confirmados em Mato Grosso do Sul desde o início da Pandemia é de 63.466 casos. Deste total 56.313 foram recuperados e 1.162 não resistiram à doença. A taxa de ocupação de leitos nas macrorregiões é a seguinte: Campo Grande 71%; Dourados 53%; Três Lagoas 40% e Corumbá 74%.

Mais uma vez o secretário Resende chamou a atenção da população para que não considerem que a Pandemia esteja controlada. “As regras de distanciamento social, uso de máscaras, obediência às regras sanitárias precisam continuar sendo seguidas por todos”, observou

No Brasil

O Ministério da Saúde (MS) atualizou no início da noite deste sábado (19) os dados do novo coronavírus (covid-19) no país. Segundo o boletim epidemiológico, 136.532 pessoas morreram por causa da covid-19, 739 somente nas últimas 24 horas.

São Paulo continua figurando entre os estados que registraram mais mortes, contabilizando 33.927 óbitos, seguido do Rio de Janeiro, com 17.634, e o Ceará com 8.801. Pernambuco, Minas e Bahia vem na sequência com 8.004, 6.656 e 6.221 óbitos, respectivamente.

Roraima (613), Amapá (691) e Acre (648), todos na Região Norte, são os que menos têm registros de óbitos.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, até agora 4.528.240 pessoas foram infectadas, 33.057 nas últimas 24 horas. O boletim aponta que 84,4% desses contaminados, ou seja, 3.820.095 foram recuperados.

Rio de Janeiro

O estado do Rio de Janeiro registrou a morte de 59 pessoas nas últimas 24 horas, aumentando para 17.634 óbitos no estado, desde o primeiro caso da doença em março. De acordo com o boletim da Secretaria de Estado de Saúde, até este sábado (19) há 251.261 casos confirmados por covid-19 no estado, 403 óbitos em investigação e 354 casos descartados. Entre os casos confirmados, 228.258 pacientes se recuperaram da doença.

Infectados

Do total de 251.261 infectados no estado, a capital fluminense continua liderando disparado, com 97.824 pessoas contaminadas pela covid-19. Depois vem Niterói (12.395); São Gonçalo (11.854); Duque de Caxias (9.118); Belford Roxo (8.949); Macaé (8.047); Volta Redonda (6.393); Nova Iguaçu (6.177); Campos dos Goytacazes (5.418); Teresópolis ( 5.401); Angra dos Reis ( 5.376); Itaboraí (4.492); Magé (3.683); Maricá (3.488); São João de Meriti ( 3.303); Nova Friburgo (2.899); Itaperuna (2.774); Três Rios (2.706); Barra Mansa (2.576) e Cabo Frio (2.432) estão entre as 92 cidades com maior número de infectados.

Óbitos

Do total de 17.634 mortes pela covid-19 no estado, o município do Rio tem 10.470 óbitos. Em seguida vem São Gonçalo (695); Duque de Caxias ( 690); Nova Iguaçu (566); São João de Meriti (420); Niterói (413); Campos dos Goytacazes ( 356); Belford Roxo (281); Magé (214); Itaboraí (210); Volta Redonda (206); Petrópolis ( 197); Nilópolis (176); Angra dos Reis (174); Mesquita (166); Barra Mansa (150); Macaé (144), além Cabo Frio e Teresópolis com (136), registram o maior número de óbitos pela covid-19.

Apenas o município de Trajano de Moraes, na serra do norte fluminense, distante cerca de 250 quilômetros (km) da capital, é a única cidade do Rio de Janeiro que não teve óbito registrado por covid-19. A cidade já registrou 22 infectados pela doença, mas, no momento, tem apenas um paciente infectado, em isolamento em casa e monitorado pelas equipes de saúde.

Sobre a doença COVID-19

Os coronavírus são uma grande família de vírus comuns em muitas espécies diferentes de animais, incluindo camelos, gado, gatos e morcegos. Raramente, os coronavírus que infectam animais podem infectar pessoas, como exemplo do MERS-CoV e SARS-CoV. Recentemente, em dezembro de 2019, houve a transmissão de um novo coronavírus (SARS-CoV-2), o qual foi identificado em Wuhan na China e causou a COVID-19, sendo em seguida disseminada e transmitida pessoa a pessoa.

A COVID-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a maioria (cerca de 80%) dos pacientes com COVID-19 podem ser assintomáticos ou oligossintomáticos (poucos sintomas), e aproximadamente 20% dos casos detectados requer atendimento hospitalar por apresentarem dificuldade respiratória, dos quais aproximadamente 5% podem necessitar de suporte ventilatório.

Quais são os sintomas

Os sintomas da COVID-19 podem variar de um resfriado, a uma Síndrome Gripal-SG (presença de um quadro respiratório agudo, caracterizado por, pelo menos dois dos seguintes sintomas: sensação febril ou febre associada a dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza) até uma pneumonia severa. Sendo os sintomas mais comuns:

  • Tosse
  • Febre
  • Coriza
  • Dor de garganta
  • Dificuldade para respirar
  • Perda de olfato (anosmia)
  • Alteração do paladar (ageusia)
  • Distúrbios gastrintestinais (náuseas/vômitos/diarreia)
  • Cansaço (astenia)
  • Diminuição do apetite (hiporexia)
  • Dispnéia ( falta de ar)

Como é transmitido

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de:

  • Toque do aperto de mão contaminadas;
  • Gotículas de saliva;
  • Espirro;
  • Tosse;
  • Catarro;
  • Objetos ou superfícies contaminadas, como celulares, mesas, talheres, maçanetas, brinquedos, teclados de computador etc.

Diagnóstico

O diagnóstico da COVID-19 pode ser realizado a partir de critérios como:

1 – O DIAGNÓSTICO CLÍNICO é realizado pelo médico atendente, que deve avaliar a possibilidade da doença, principalmente, em pacientes com a associação dos seguintes sinais e sintomas:

  • Febre, que pode estar presente no momento do exame clínico ou referida pelo paciente (sensação febril) de ocorrência recente.
  • Sintomas do trato respiratório (por exemplo, tosse, dispneia, coriza, dor de garganta)
  • Outros sintomas consistentes incluindo, mialgias, distúrbios gastrointestinais (diarreia/náuseas/vômitos), perda ou diminuição do olfato (anosmia) ou perda ou diminuição do paladar (ageusia).

Em crianças, além dos itens anteriores, considera-se também a obstrução nasal, a desidratação e a falta de apetite (inapetência), na ausência de outro diagnóstico específico.
Em idosos, deve-se considerar também, critérios específicos de agravamento como: síncope (desmaio ou perda temporária de consciência), confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e falta de apetite (inapetência).
O diagnóstico clínico da doença, também deve ser considerado em pacientes com doença grave do trato respiratório inferior sem causa clara, como é o caso de pacientes que se apresentem em Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Nesta síndrome o indivíduo apresenta-se em franca dispneia/desconforto respiratório/dificuldade para respirar com saturação de oxigênio (O2) menor do que 95% em ar ambiente ou coloração azulada dos lábios ou rosto (cianose) ou queixa de pressão persistente no tórax.
Em crianças, a SRAG apresenta-se com os sinais e sintomas anteriores, devendo ser observados sinais característicos de esforço respiratório, tais como, os batimentos de asa de nariz, tiragem intercostal, e, por fim, alteração na coloração das extremidades que ficam azuladas (cianose).

2 – O DIAGNÓSTICO CLÍNICO-EPIDEMIOLÓGICO é realizado pelo médico atendente no qual considera-se:

  • casos de paciente com a associação dos sinais e sintomas supracitados ou SRAG MAIS histórico de contato próximo ou domiciliar, nos últimos 14 dias antes do aparecimento dos sintomas, com caso confirmado laboratorialmente para COVID-19 e para o qual não foi possível realizar a investigação laboratorial específica.

3 – DIAGNÓSTICO CLÍNICO-IMAGEM:

  • caso de sintomas respiratório mais febre ou SRAG ou óbito por SRAG que não foi possível confirmar ou descartar por critério laboratorial E que apresente alterações tomográficas.

4 – DIAGNÓSTICO LABORATORIAL – Caso o paciente apresente os sintomas respiratórios mais febre ou SRAG. O profissional de saúde poderá solicitar os seguintes exames laboratoriais:

  • De biologia molecular, (RT-PCR em tempo real) que diagnostica tanto a COVID-19, a Influenza ou a presença de Vírus Sincicial Respiratório (VSR) normalmente até o oitavo dia de início de sintomas.
  • Imunológico, que detecta, ou não, a presença de anticorpos em amostras coletadas a partir do oitavo dia de início dos sintomas. Sendo eles:
  • Ensaio imunoenzimático (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay – ELISA);
  • Imunocromatografia (teste rápido) para detecção de anticorpos;
  • Imunoensaio por Eletroquimioluminescência (ECLIA).
  • Pesquisa de antígenos: resultado reagente para SARS-CoV-2 pelo método de Imunocromatografia para detecção de antígeno.

5 – DIAGNÓSTICO LABORATORIAL EM INDIVÍDUO ASSINTOMÁTICO (pessoa sem sintomas) que realizou:

  • Exame de Biologia Molecular com resultado DETECTÁVEL para SARS-CoV-2 realizado pelo método RT-PCR em tempo real.
  • Exame de Imunológico com resultado REAGENTE para IgM e/ou IgA realizado pelos seguintes métodos: Ensaio imunoenzimático (ELISA) e Imunocromatografia (teste rápido) para detecção de anticorpos.

Como se proteger

As recomendações de prevenção à COVID-19 são as seguintes:

  • Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%. Essa frequência deve ser ampliada quando estiver em algum ambiente público (ambientes de trabalho, prédios e instalações comerciais, etc), quando utilizar estrutura de transporte público ou tocar superfícies e objetos de uso compartilhado.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com a parte interna do cotovelo.
    Não tocar olhos, nariz, boca ou a máscara de proteção fácil com as mãos não higienizadas.
    Se tocar olhos, nariz, boca ou a máscara, higienize sempre as mãos como já indicado.
  • Mantenha distância mínima de 1 (um) metro entre pessoas em lugares públicos e de convívio social. Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.
  • Higienize com frequência o celular, brinquedos das crianças e outro objetos que são utilizados com frequência.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.
  • Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas.
  • Se estiver doente, evite contato próximo com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, busque orientação pelos canais on-line disponibilizados pelo SUS ou atendimento nos serviços de saúde e siga as recomendações do profissional de saúde.
  • Durma bem e tenha uma alimentação saudável.
  • Recomenda-se a utilização de máscaras em todos os ambientes. As máscaras de tecido (caseiras/artesanais), não são Equipamentos de Proteção Individual (EPI), mas podem funcionar como uma barreira física, em especial contra a saída de gotículas potencialmente contaminadas.

Estimule familiares, amigos e colegas de trabalho sobre a importância do uso de máscara e da higienização das mãos na prevenção da disseminação do vírus causador da doença COVID-19.

Dicas para viajantes

Caso você precise viajar, avalie a real necessidade. Se for inevitável viajar, previna-se e siga as orientações das autoridades de saúde locais.

Ao voltar de viagens internacionais ou locais recomenda-se:

  • Reforçar os hábitos de higiene e proteção como a utilização de máscara, higienização das mãos com água e sabão ou com álcool em gel 70 %.
  • Caso apresente sintomas de gripe, busque atendimento nos serviços de saúde, e evite contato com outras pessoas

Se eu ficar doente

Se estiver doente, com sintomas compatíveis com a COVID-19, tais como febre, tosse, dor de garganta e/ou coriza, com ou sem falta de ar, evite contato físico com outras pessoas, incluindo os familiares, principalmente, idosos e doentes crônicos, Procure imediatamente os postos de triagem nas Unidades Básicas de Saúde / UPAS ou outras unidades de saúde. Após encaminhamento consulte-se com o médico. Uma vez diagnosticado pelo médico, receba as orientações e prescrição dos medicamentos que você deverá usar. O médico poderá solicitar exames complementares. Inicie o tratamento prescrito imediatamente. Mantenha seu médico sempre informado da evolução dos sintomas durante o tratamento e siga suas recomendações.

Utilize máscara o tempo todo.

Se for preciso cozinhar, use máscara de proteção, cobrindo boca e nariz todo o tempo.

Depois de usar o banheiro, nunca deixe de lavar as mãos com água e sabão e sempre limpe vaso mantendo a tampa fechada, pia e demais superfícies com álcool, água sanitária ou outro produto recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa – para desinfecção do ambiente.

Separe toalhas de banho, garfos, facas, colheres, copos e outros objetos apenas para seu uso.

O lixo produzido precisa ser separado e descartado.

Evite compartilhar sofás e cadeiras e realize limpeza e desinfecção frequente com água sanitária ou álcool 70% ou outro produto recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

Mantenha a janela aberta para circulação de ar do ambiente usado para isolamento e a porta fechada, limpe a maçaneta frequentemente com álcool 70%, água sanitária, ou outro produto recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

Caso o paciente não more sozinho, recomenda-se que os demais moradores da residência durmam em outro cômodo, seguindo também as seguintes recomendações:

  • Mantenha a distância mínima de 1 metro entre a pessoa infectada e os demais moradores.
  • Limpe os móveis da casa frequentemente com água sanitária, álcool 70% ou outro produto recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.
  • Se uma pessoa da casa tiver diagnóstico positivo, todos os moradores devem ficar em distanciamento conforme orientação médica.

A COVID-19 afeta diferentes pessoas de diferentes maneiras. A maioria das pessoas infectadas apresentará sintomas leves a moderados da doença e não precisarão ser hospitalizadas.

Sintomas mais comuns:

Febre, tosse seca e cansaço.

Sintomas menos comuns:

Dores e desconfortos, dor de garganta, diarreia, conjuntivite, dor de cabeça, perda de paladar ou olfato, erupção cutânea na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés.

Sintomas graves:

Dificuldade de respirar ou falta de ar, dor ou pressão no peito, perda de fala ou movimento.

Procure atendimento médico imediato se tiver sintomas graves. Sempre ligue antes de ir ao médico ou posto de saúde, clínicas ou hospitais.

Pessoas saudáveis que apresentarem os sintomas leves devem acompanhar seus sintomas em casa.

Em média, os sintomas aparecem após 5 ou 6 dias depois de ser infectado com o vírus. Porém, isso pode levar até 14 dias.

Comentários Facebook

Arapuá

Sitiante de Arapuá morre e três ficam feridos em acidente na estrada vicinal de Garcias

Publicado

Mais um grave acidente aconteceu na região de Três Lagoas, na tarde deste domingo (25) de outubro, uma equipe dos bombeiros do 5º GBM, SAMU e da Policia Militar, são acionados para atender um grave acidente na estrada vicinal no Distrito de Garcias.

O acidente aconteceu por volta das 14h30min, mas a equipe só foi acionada por volta das 16he30min, quando um jovem passou no local do acidente, e do posto de combustível comunicou as autoridades.

No Fiat Uno Mille Way cor prata com placas de Três Lagoas estava quatro pessoas, um casal da região do 512 e outro casal do Distrito de Arapuá.

Eles estavam indo para uma pescaria, quando aconteceu o acidente no cascalho da estrada vicinal MS 453 Km 06 próximo à Fazenda Java que liga a BR 262 até o Distrito de Garcias.

O veiculo era conduzido por Valdeci José dos Santos de 71 anos, que morreu no local do acidente, ele perdeu o controle do veículo no cascalho, que capotou por diversas vezes, no impacto o motorista que estava sem o cinto de segurança, foi arremessado para fora do veículo, e não resistiu ao ferimento na parte da cabeça.

Duas viaturas do SAMU e uma do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas, socorreram os três ocupantes: a esposa Ivone que se queixava de dores na clavícula e na costela, e o casal de Arapuá um homem de 67 anos e sua esposa, que aparentemente sem graves contusões.

Duas viaturas da Policia Militar estiveram dando o suporte no acidente, a Polícia Rodoviária Estadual também esteve colhendo as informações do acidente, a perícia técnica da polícia civil esteve no local, liberou o corpo para a Funerária Fune Prev.

O Corpo de Valdeci será velado e sepultado no Distrito de Arapuá, conforme declarou o filho Jhony, mas ainda não temos o horário.

Valdeci é sitiante na região do 512, localidade que faz parte do Distrito de Arapuá, uma pessoa muito querida pela comunidade rural e de Arapuá, sempre participativa nos eventos do Distrito, um homem trabalhador, que faz parte da história de nossa região.

Deixamos aqui nossos sinceros sentimentos ao familiares.

Comentários Facebook
Continue lendo

Arapuá

Morre aos 67 anos Benedito Faustino Filho, produtor do Assentamento 20 de Março

Publicado

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do Sr. Benedito Faustino Filho, conhecido Dito, que completou 67 anos em setembro, proprietário de um lote no Assentamento 20 de Março.

Dito estava com problemas de saúde, em tratamento contra diabetes, e teria que amputar um pé, estava internado na Santa Casa de Campo Grande, passou por complicações na cirurgia e faleceu com parada cardíaca na noite de (23) de outubro.

Dito é muito conhecido no Distrito de Arapuá, na década de 80 trabalhava de campeiro na Fazenda Matissubara, e nos últimos anos conseguiu um lote no Assentamento 20 de Março no Distrito de Arapuá, local esteve onde cultivava uma horta com ajuda da família. Dito vendia verduras e queijos nas residências do Arapuá, onde tinha muitos amigos.

Dito foi sepultado na manhã deste sábado (24) de outubro no Município de Três Lagoas, deixando esposa, filhos e netos.

O ArapuáNews deixa as condolências aos familiares, por um momento tão triste, com a partida de nosso amigo.

As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor.

Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade.

A Deus pedimos também que dê ao nosso amigo o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana