Três Lagoas-MS

  Últimas
Governo publica Decreto e institui programa para desenvolver e fortalecer o cooperativismo em MS
FCMS e UFMS realizam online a 3ª edição da Mostra de Arte Digital 360º no MIS
Agentes do Detran-MS e PM realizam operações e flagram 40 motoristas embriagados em Miranda
Secretaria de Estado de Saúde articula ampliação de 60 leitos de UTIs em Mato Grosso do Sul
SEINTRA realiza recapeamento de trecho da Rua Elvírio Mario Mancini
ANTIRRÁBICA – Em dois dias de vacinação, equipes do CCZ vacinaram 1.686 cães e 415 gatos
Veículo com quase meia tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus
Com presença de 16 estados, 3º Seminário Estadual da Guavira será aberto nesta terça
CBF define arbitragem para a partida entre Vasco x Ceará
Com retorno de Veiga e Willian, Palmeiras inicia preparação visando Libertadores
Pré-matrícula para o Ano Letivo a partir de 2021 de todas as etapas de ensino da REME inicia amanhã (01) em Três Lagoas
Escola estadual encerra Mês da Consciência Negra com live e participações da África
Programa aborda política e educação durante a pandemia na perspectiva do jovem brasileiro
PM apreende pneus contrabandeados
Mesa Diretora prorroga medidas temporárias de funcionamento da ALEMS
Polícia Militar divulga resultado da Operação Cidade Segura em Miranda
Polícia Militar: Foragido da justiça resiste com faca à ação policial, mas acaba combalido e preso em Paranaíba
Polícia Militar salva vítima de agressões e afogamento em Paranaíba
Colorado se prepara para enfrentar o Boca Juniors
Servidores escolhem e Governo paga 13° salário nesta terça-feira
Em Miranda, Polícia Militar prende autor de furto de notebook
Com quase mil voluntários na semana do doador, Hemosul reforça doação frequente
Abeta Conecta: MS faz capacitação dos destinos turísticos durante esta semana em evento virtual
Taxa de contágio volta a subir no MS, e chega a 1.03
Coritiba abre semana intensa de treinos
Timão faz treino tático e complementos antes de viagem para Fortaleza
Polícia Militar prende 6 pessoas por tráfico de drogas neste fim de semana em Três Lagoas. Em 2020, mais de 4 toneladas e meia de drogas foram apreendidas pelo 2º BPM
Equipes operacionais de Aquidauana e Anastácio cumprem 2 mandados de prisão nesse fim de semana
Polícia Militar inicia “Operação Boas Festas” na área do 11º BPM
Athletico faz o último treino antes de embarcar para a Argentina
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

DOF apreende caminhão carregado com 6 toneladas de maconha

Publicado


Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde desta quinta-feira (22), em Brasilândia, um caminhão Mercedes-Benz, cor amarela, carregado com 6 toneladas de maconha.

Os homens do DOF realizavam patrulhamento ostensivo na rodovia MS-040, como parte das ações da Operação Hórus, quando deram ordem de parada ao condutor de uma Nissan Frontier, cor cinza, conduzida por um homem de 47 anos de idade, natural de Campo Grande (MS). Atrás da caminhonete vinha um caminhão, sendo que o motorista ao avistar o bloqueio parou bruscamente, abandonou o veículo e correu para uma mata às margens da rodovia.

Foi solicitado apoio das forças de segurança locais para a realização de buscas no local e imediações, sendo o condutor do caminhão localizado e preso por policiais civis de Brasilândia. O homem, de 33 anos de idade, confirmou que o condutor da Frontier realizava o serviço de batedor de estrada.

Os dois suspeitos foram presos e encaminhados juntamente com a droga e os veículos apreendidos para a Delegacia de Polícia Civil de Brasilândia, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, senso em seguida colocados à disposição da Justiça.

O prejuízo estimado ao crime organizado com a apreensão desta quinta-feira é de aproximadamente R$ 9 milhões. Com essa apreensão, o DOF atinge a marca inédita de 221,4 toneladas de drogas tiradas de circulação pelo Departamento em 2020.

Mais recordes

De janeiro até agora as forças de segurança estaduais já tiraram de circulação em Mato Grosso do Sul mais de 620 toneladas de drogas, o que representa um aumento superior a 100%, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Do total de drogas apreendidas, mais de 410 toneladas foram tiradas de circulação no interior do estado, principalmente na região de fronteira e mais de 213 toneladas em Campo Grande. O maior montante das apreensões, mais de 400 toneladas, é de maconha, em seguida vem as drogas sintéticas, com mais de 8,3 toneladas e a cocaína, que soma mais de 1 tonelada.

Operação Hórus

Coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça (Seopi/MJSP), a Operação Hórus é realizada em Mato Grosso do Sul por meio de parceria com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). A ação que fortaleceu a atuação integrada com outros órgãos de segurança pública para impedir a entrada de drogas, cigarros, armas e munições pelas fronteiras do país é parte do tripé de prioridades de combate ao crime organizado, crimes violentos e corrupção do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Joelma Belchior, Sejusp

Foto: Divulgação

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Governo publica Decreto e institui programa para desenvolver e fortalecer o cooperativismo em MS

Publicado

por


Publicado na edição desta segunda feira (30) do Diário Oficial do Estado o Decreto nº 15.555, que institui o Procoop (Programa Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento do Cooperativismo em Mato Grosso do Sul, a ser executado pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar com o objetivo de “fomentar um ambiente favorável ao desenvolvimento e ao fortalecimento das cooperativas no território sul-mato-grossense”. Assinam o decreto o governador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

De acordo com o secretário Jaime Verruck, a publicação do Decreto instituindo o Procoop “transforma o programa, efetivamente, em uma política de fortalecimento e fomento ao corporativismo em Mato Grosso do Sul. As linhas gerais já estavam em vigor deste 2016, mas sob o formato de Resolução da Semagro. O programa ganha força com sua instituição por meio do Decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja. Estamos falando de um setor responsável por 10% do PIB estadual”.

O titular da Semagro lembra que o fomento ao cooperativismo, desde o início da atual gestão do Governo do Estado, foi adotado como uma das linhas estratégicas para a atração de novos investimentos e geração de emprego e renda para a população sul-mato-grossense. “Foi assim com a atração dos investimentos da Coamo, da Coasgo, da CooperAlfa, da Copasul, da Cooplaf e o recente investimento da Cooperativa Lar em uma indústria de biodiesel em Caarapó. Além disso, atendemos a algumas demandas do setor, como a inclusão dessas entidades no conselho da Junta Comercial e os incentivos fiscais às cooperativas de eletrificação rural no Estado”, afirmou.

Por fim, o secretário lembrou das operações do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) feitas junto às cooperativas de crédito habilitadas em Mato Grosso do Sul, que já chegam a R$ 53,22 milhões. “Essa foi uma conquista do Governo do Estado, que defendeu no Condel a alocação de 10% dos recursos do Fundo para as cooperativas de crédito. Houve uma demora na regulamentação para essas operações e também tivemos a questão da pandemia, mas ter acesso ao FCO por meio das cooperativas já é uma realidade”, finalizou Jaime Verruck.

De acordo com Celso Regis, presidente da OCB-MS, o trabalho realizado pelo Governo do Estado na implantação do Procoop “tem sido muito importante para esse desenvolvimento. Em Caarapó, há poucos dias, inauguramos o complexo industrial de uma cooperativa que é fruto da ação do governo, através da Semagro”.

O presidente da OCB-MS acrescentou que é fundamental “incentivar o cooperativismo e quanto mais fortalecermos o programa em nosso Estado, mais teremos sucesso e iremos ampliar o número de cooperados. O Decreto deve facilitar que as cooperativas tenham mais acesso aos programas de governo e incentivar a capacitação e investimentos”.

Sobre o Procoop

Entre os objetivos do Procoop estão: estabelecer estratégias para o desenvolvimento da cultura cooperativista em Mato Grosso do Sul, alinhado às ações governamentais; estimular a forma cooperativa de organização social, econômica e cultural nos diversos ramos de atuação, com base nos princípios gerais do associativismo, cooperativismo e na legislação vigente e ampliar a competitividade e a sustentabilidade das cooperativas do Estado.

De acordo com o Decreto, para implementar o Procoop, o Governo do Estado deverá desenvolver programas e projetos setoriais destinados ao fomento econômico, à agregação de valor à produção das cooperativas, à implementação de tecnologia e de inovação a novos empreendimentos; oferecer mecanismos econômicos, tais como, assistência técnica e extensão rural, adequação sanitária e ambiental e crédito financeiro, tributário e fiscal.

Também deve desenvolver ações e projetos voltados a oferecer educação-base, formação e capacitação profissional aos cooperados; celebrar convênios, termos de cooperação e outros instrumentos para apoiar as intercooperações, concessões e as autorizações e oferecer acessos diferenciados aos empreendimentos cooperativos às políticas públicas nas áreas de educação, meio ambiente, mercado, assistência técnica, em nível federal, estadual e municipal.

Atualmente, existem em Mato Grosso do Sul 107 cooperativas registradas no Sistema OCB/MS. Juntas, elas reúnem aproximadamente 200 mil cooperados e empregam mais de sete mil pessoas.

Marcelo Armôa, Semagro

Foto: Chico Ribeiro

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

FCMS e UFMS realizam online a 3ª edição da Mostra de Arte Digital 360º no MIS

Publicado

por


Campo Grande (MS) – O Museu de Imagem e do Som (MIS), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) em parceria com o curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) lançam nessa terça-feira (1º de dezembro), o projeto de Tour Virtual da M.A.D.I: Mostra de Arte Digital 360º/ 3ª Edição.

A exposição, que foi inaugurada no espaço do MIS em dezembro do ano passado e teve sua segunda edição em outubro deste ano, apresenta trabalhos de Realidade Aumentada, Realidade Virtual, Fotografia Sonora, Instalação Artística Interativa, Videoarte e Lambes Interativos, é parte do Projeto de Extensão que leva o mesmo nome da mostra, coordenado pela professora do curso de Artes Visuais Venise Paschoal de Melo e tem curadoria, além da coordenadora do projeto, dos professores Patrícia Osses e Joaquim Sérgio Borgato.

A modalidade virtual da M.A.D.I foi elaborada a partir de um projeto de ensino com a participação de acadêmicos do curso de Artes Visuais da UFMS e técnicos da FCMS, como proposta de ampliação da exposição para os espaços digitais durante a pandemia da Covid-19, momento em que os espaços públicos estão fechados, visto a importância da cultura no desenvolvimento de maior equilíbrio emocional neste momento de problemas sociais tão profundos.

Desta forma, a proposta é incentivar a difusão de conhecimento, fomentando o diálogo artístico e cultural entre o ambiente universitário e a sociedade, buscando influenciar na formação de um olhar mais crítico e democrático dos indivíduos, e fundamentalmente, compreendendo a arte como um elemento essencial para o desenvolvimento de nossa sociedade.

“Este projeto, que visa a ampliação da MADi para as plataformas online, foi parte de um importante processo de construção de conhecimento em Arte & Tecnologias, realizado por acadêmicas e acadêmicos do curso de Artes Visuais, evidenciando a importância da pesquisa em artes e da universidade como local de pensamento intelectual. Somos muito gratos ao MIS em partilhar conosco a realização do mesmo e pela oportunidade de colaboração na difusão de nossa pesquisa para toda a comunidade. Em tempos difíceis de pandemia, acreditamos na urgência em apresentar a arte e a cultura como importantes mediadoras sociais, e é isso que estamos propondo”, esclarece Venise.

“Acreditamos na soma de forças entre as instituições, e pensamentos para dinamizarmos o conhecimento, a formação e a difusão da obra artística que convergem sobre nossas relações enquanto como seres sociais cada vez mais imersos no mundo digital. Por isso é profundamente gratificante essa parceria do Curso de Artes Visuais com o MIS para trazer ao público de forma bem dinâmica a Ciência, Pesquisa, Arte, Tecnologia e uma reflexão sobre este momento tão excepcional que estamos vivendo”, explana Marinete Pinheiro, coordenadora do MIS.

“A proposta da UFMS vem ao encontro com a missão do MIS, que é disseminar o conteúdo artístico, formar público por meio de espaços educativos, como os Museus, além de fomentar o diálogo entre os mais diversos e dinâmicos setores da sociedade, em especial, da comunidade acadêmica”, finaliza Marinete.

Serviço: O público poderá fazer um passeio virtual pelas obras da exposição e saber também sobre o processo criativo dos artistas. A plataforma está disponível a partir de 1º de dezembro pelo link: https://bit.ly/madi-3d

Contatos para a Imprensa:

Venise Melo: 99222-7085
Marinete Pinheiro: 99272-2906

Texto: Karina Lima e Jefferson Benicio

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana