Três Lagoas-MS

  Últimas
Polícia Militar cumpre mandado de prisão em Rio Verde
Cessões de uso firmados pela SAD proporcionam economicidade ao Governo do Estado
PRF apreende 4,6 Kg de cocaína em Nova Alvorado do Sul (MS)
Segurança do Estado é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp
Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua paranaense em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação do bioma protegido de Mata Atlântica para plantio de lavoura
Grêmio oficializa venda de Everton ao Benfica
Operação de combate às queimadas no Pantanal faz o número de focos de incêndio cair de 301 para 50
Em Três Lagoas| Distribuição de senhas para atendimento na Caixa passa a ser no “Poliesportivo da Lagoa Maior” 
Polícia Militar realiza troca de comando da Companhia de Cassilândia
Município de Brasilândia informa trabalho realizado no enfrentamento do Coronavírus desde a Pandemia
Suzano registra geração de caixa operacional de R$ 3,4 bilhões, maior resultado trimestral desde a fusão
Polícia Militar Ambiental de Rio Negro autua dono de chácara em R$ 3 mil por derrubada de árvores para exploração de madeira
Liga e Comitê de Clubes fecham acordo de suporte logístico para NBB
Marcos Braz confirma saída do lateral Rafinha do Flamengo
PRF apreende 1,5 tonelada de maconha após dois flagrantes no MS
Para segurança de pedestres, Prefeitura constrói calçada na Vila Zucão
Polícia Militar prende homem por dano após romper tornozeleira eletrônica em Bataguassu.
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande recolhe filhote de anta com ferimentos possivelmente por ataque de cachorros de caça
ATP divulga mudanças no calendário e confirma Finals para novembro
Governo de MS apresenta PPP do Esgotamento Sanitário no Roadshow da B3
Polícia Militar realiza três apreensões de mercadorias de Descaminho na barreira sanitária de Anaurilândia.
Polícia Militar prende homem por furto e mulher por tráfico de drogas em Paranaíba
Carnaval de Corumbá passa a ser patrimônio imaterial de Mato Grosso do Sul
MS assegura manutenção de R$ 39,5 milhões para repressão de crimes na fronteira
Atear fogo em terreno baldio é crime e multa pode chegar a quase R$ 10 mil
Com quase 600 óbitos, Estado confirma mais 875 infectados pela Covid
Covid-19: Federação Mundial de Badminton cancela torneios paralímpicos
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas tem 13 novos casos positivos e mais 24 recuperados para COVID-19 nesta sexta-feira (14)
Calamidade pública: ALEMS auxilia os municípios a cumprirem a LRF
Prosseguir divulga terceiro mapa situacional de Mato Grosso do Sul
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Coxim ativa cinco leitos de UTI e região norte de MS está preparada para enfrentar Covid-19

Publicado


.

Conquista é considerada mais uma vitória do Estado e municípios na superação de desafios para dotar todas as regiões de Mato Grosso do Sul de leitos suficientes para atender a população

Campo Grande (MS) – Com a ativação de cinco leitos de UTI em Coxim, a região Norte do Estado está preparada para o enfrentamento da Covid-19 na área de assistência hospitalar. A avaliação foi feita pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, que esteve sábado (11.07) no município, em solenidade rápida, organizada apelo prefeito Aluizio São José e que contou com a presença também do secretário municipal de Saúde Franciel Oliveira e do vereador Edmir Cândido. Os leitos foram instalados em estrutura montada ao lado do centro cirúrgico do Hospital Regional de Coxim “Dr. Álvaro Fontoura Silva”. 

“A instalação desses leitos é mais uma vitória na luta incessante que nós, do governo e os prefeitos, estamos travando desde janeiro. Essa é mais uma microrregião onde conseguimos superar vários desafios e agora estamos marchando para completar essa estrutura em todas as microrregiões do Estado”, salientou Geraldo Resende.

Outras regiões

De acordo com o secretário, outra microrregião que em breve deverá contar com leitos de UTI é a de Jardim, onde já estão disponíveis seis leitos completos. “Também estramos trabalhando para, ainda nesta semana, fazemos a montagem de 10 leitos de UTI na microrregião de Naviraí e, consequentemente, atendermos toda a região do Cone-Sul do Estado”, explicou.

Nesta semana, o secretário também fez anúncio de duas boas notícias. Novos equipamentos chegaram ao Estado, sendo 10 ventiladores pulmonares e 10 ventiladores portáteis, para a montagem de UTIs na Santa Casa de Campo Grande. Chegaram também oito ventiladores e sete aparelhos portáteis para a instalação de UTIs no Hospital Regional.

Também há o compromisso do Ministério da Saúde com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) de enviar, ainda nesta semana, mais cinco ventiladores pulmonares para a estruturação de cinco leitos de UTI em Corumbá.

Preocupação

“Isso mostra o nosso trabalho e, acima de tudo, nossa preocupação com a expansão da doença na capital e em outros municípios do Estado”, salientou Geraldo Resende. “Comemoramos também a conquista, em um tempo muito rápido, de 18 leitos de UTI no Hospital do Câncer, que possibilita a remoção do paciente para o Hospital do Câncer e vagas de UTI em outras unidades da capital”.

De acordo com avaliação da Secretaria de Estado de Saúde (SES), há dados que preocupam. Um deles é o de que nos 11 primeiros dias de julho, houve o registro de mais mortes do que as ocorridas durante todo o mês de junho, ou seja, 71 mortes até o décimo primeiro dia do mês atual.

Segundo essa análise, se os casos em Mato Grosso do Sul continuarem com esse crescimento, em julho o número de óbitos deverá ser maior do que 200. “Isso é preocupante e se dá à medida em que a doença avança, principalmente quando a gente tem pouca contribuição da população no isolamento social, uso de máscaras e regras de higiene”, salienta o secretário estadual de Saúde.

“Teremos que fazer indicações aos municípios no sentido de termos medidas mais rígidas, que levem a uma taxa melhor de isolamento social para evitarmos tantas perdas de vidas de nossos amigos e conterrâneos, principalmente de idosos e pessoas com comorbidades, ou seja de pessoas que têm doenças crônicas e são as vítimas principais do nosso inimigo, o coronavírus”, diz o secretário.

Recomendação

O secretário também recomenda que os pacientes da Covid-19, em qualquer sinal de agravo do seu quadro, procurem imediatamente a assistência hospitalar porque há casos em que a doença evolui muito rápido. Ele cita como exemplo um paciente de Camapuã.

Trata-se de um jovem de 25 anos de idade que foi ao trabalho e quando saiu, já estava em estado terminal. “Por isso, ao menor sinal de agravamento, principalmente da falta de ar, dificuldade respiratória ou persistência de estado febril, procure imediatamente uma unidade hospitalar que tenha um tratamento mais rápido”, aconselhou.

“Esperamos a contribuição das pessoas em relação a questão do isolamento social, que está horrível em Mato Grosso do Sul. Precisamos melhorar o isolamento social para evitar que este crescimento ainda persista e essa é a nossa principal preocupação”, concluiu o secretário.

Ricardo Minella, SES
Fotos: Fábio Pellegrini e Eduardo Bampi

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Cessões de uso firmados pela SAD proporcionam economicidade ao Governo do Estado

Publicado

por


.

Nesta sexta-feira (14), o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), firmou dois termos de cessão de uso de imóveis com a Superintendência do Patrimônio da União no Estado de Mato Grosso do Sul (SPU/MS).

O primeiro imóvel cedido pela União fica no centro do município de Ribas do Rio Pardo, possui 1.147,14m² e será utilizado para o funcionamento do Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS). O segundo imóvel que está localizado em Aquidauana abrigará a Unidade Regional de Perícia da cidade e será, inicialmente, composto pelo Núcleo Regional de Criminalidade (NRC).

De acordo com a secretária de Estado de Administração e Desburocratização, Ana Nardes, a preocupação dos gestores em firmar parcerias de cessão de uso oportunizam o princípio da economicidade.

“Com essa visão dos gestores, o Estado de Mato Grosso do Sul consegue economizar os recursos aplicados em aluguéis e investe na melhoria dos prédios para proporcionar um ambiente adequado aos servidores e a população”, frisou Ana Nardes.

Os termos de cessão foram assinados pelo superintendente do Patrimônio da União, Luiz Ribeiro Rosa; titular da SAD, Ana Nardes; comandante-geral do CBMMS, coronel Joilson Alves do Amaral e coordenadora-geral de Perícias, Gloria Setsuko Suzuki. O ato também foi acompanhado pelo superintendente de Patrimônio e Transporte da SAD, José Alberto Furlan.

Ana Letícia Gaúna, SAD

Foto: Divulgação

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Segurança do Estado é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp

Publicado

por


.

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, participou nesta sexta-feira (14) em Brasília/DF da solenidade para a entrega de bens doados pela Força Nacional da Segurança Pública (FNSP) para reforçar as forças de segurança pública do Estado. Presidida pelo secretário Nacional de Segurança Pública, Carlos Paim, a solenidade aconteceu no Salão Negro do Palácio da Justiça.

Ao todo Mato Grosso do Sul recebe 57 carabinas, 21 coletes balísticos, 46 escudos balísticos com visor, uma caminhonete S-10 e 1 caminhão Ford Cargo 815, que serão destinados ao Corpo de Bombeiros e polícias Civil e Militar do Estado. Os bens são parte do legado e extra legado da Força Nacional de Segurança Pública. A Senasp também cedeu 6 fuzis ao Batalhão de Operações Especiais (Bope), sendo 1 de sniper e 5 m15, de assaltos, semiautomáticos.

De acordo com Videira, os materiais irão contribuir para um melhor e mais efetivo combate à criminalidade, um dos compromissos prioritários do Governo do Estado. “Estamos vivendo um momento importante de repressão ao crime, graças ao empenho e comprometimento dos nossos servidores e esses materiais melhoram as condições de trabalho na ponta, que é de onde vêm os resultados”, afirma.

O secretario pontuou que nos últimos meses aumentaram em 88% as apreensões de drogas no Mato Grosso do Sul, que já contabiliza mais de 425 toneladas de entorpecentes tiradas de circulação pelas polícias. Além disso, o Estado é o que mais esclarece homicídios com índice de 60%, muito acima da média nacional.

Os itens entregues ao Estado representam a contrapartida do Governo Federal no convênio que prevê a cessão de policiais civis e militares para atuarem nas missões da Força Nacional de Segurança Pública.

Estiveram presentes na solenidade de entrega do legado os secretários de Segurança dos 26 estados e do Distrito Federal, o diretor da Força Nacional, Aginaldo de Oliveira, o presidente do Colégio Nacional de Secretários de Segurança (Consesp), Cristiano Barbosa Sampaio, políticos e servidores da segurança pública.

Assessoria de Comunicação da Sejusp

Foto: Edemir Rodrigues

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana