TRÊS LAGOAS

Esportes

Corinthians supera Boca nos pênaltis e segue vivo na Libertadores

Publicado em

O Corinthians sofreu, mas garantiu a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores após derrotar o Boca Juniors (Argentina) por 6 a 5 na disputa de pênaltis, na noite desta terça-feira (5) no estádio da Bombonera, em Buenos Aires, após um empate sem gols nos 90 minutos. 

A vaga teve que ser decidida na disputa nas penalidades máximas porque no primeiro jogo entre as equipes, na última semana em São Paulo, o resultado final também foi um empate sem gols. Agora o Timão pega na próxima fase quem passar entre Flamengo e Tolima (Colômbia).

Com muitos desfalques e sabendo que teria que lidar com a intensa pressão da equipe argentina, o técnico Vítor Pereira mandou para o gramado uma equipe com uma linha de cinco jogadores na defesa, talvez com a intenção de tentar controlar as ações. Mas a aposta do treinador português se mostrou um erro, pois o Timão pouco fez diante de um Boca que dominou amplamente no primeiro tempo.

Diante de um Corinthians recuado, o time argentino passou a colecionar boas oportunidades, como as que saíram dos pés do atacante Villa aos 5 minutos, do lateral Advíncula dois minutos depois e de Fabra aos 10. Porém, a chance mais cristalina surgiu aos 18 minutos, quando Zeballos atacou pela direita e cruzou para a área, onde Benedetto, com grande liberdade, finalizou de primeira sem direção para alívio da torcida do Timão.

A situação pareceu se complicar de vez para o Corinthians aos 27 minutos, quando o juiz, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), marcou pênalti para o Boca porque o zagueiro Raul Gustavo acabou acertando Fernández com uma cotovelada em disputa pelo alto.

Benedetto foi para a cobrança e acabou acertando a trave, desperdiçando outra grande oportunidade de abrir o marcador.

A etapa final teve a mesma tônica, com um Corinthians acuado diante de um Boca bem agressivo no ataque. E a oportunidade mais cristalina dos argentinos surgiu aos 13 minutos, quando Benedetto recebeu lançamento e bateu tentando encobrir o goleiro Cássio. Mas ele mandou para fora.

Como o empate permaneceu até o final dos 90 minutos, a vaga teve que ser decidida nas penalidades máximas. Nos pênaltis, Rojo, Izquierdoz, Fernández, Romero e Varela marcaram pelo Boca, enquanto Benedetto chutou para fora e Cássio defendeu os chutes de Villa e Ramírez. Já o Corinthians foi mais eficiente, com Raul Gustavo e Bruno Melo perdendo e Fábio Santos, Cantillo, Róger Guedes, Roni, Lucas Piton e Gil convertendo suas oportunidades.

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: EBC Esportes

Comentários Facebook

Esportes

Arrascaeta e Gabigol são absolvidos no STJD e podem jogar contra o Athletico-PR

Published

on

By

Gabigol e Arrascaeta estão liberados para atuar em Athletico-PR x Flamengo, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Curitiba. A dupla foi absolvida da denúncia no STJD, em julgamento nesta terça-feira, no Rio, por lances na partida de ida, que terminou empatada sem gols no Maracanã.

O relator do caso, Washington Rodrigues, votou pela absolvição da dupla, mesmo entendimento que teve o presidente da comissão, Carlos Eduardo Cardoso. Já os auditores Iuri Engel e Marcelo Vieira optaram por não reconhecer a denúncia.

O julgamento

Os flamenguistas foram denunciados pela procuradoria do órgão com base nos artigos 254-A e 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Gabigol foi enquadrado em prática de agressão, enquanto Arrascaeta foi acusado de jogada violenta.

Os lances aconteceram no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, no Maracanã, no último dia 27 de julho, no Maracanã, no 0 a 0 entre Flamengo e Athletico. Gabigol recebeu cartão amarelo pela pancada em Fernandinho, assim como Arrascaeta pelo carrinho em Erick.

Do lado da procuradoria, Marcos Souto Maior defendeu interferência do tribunal para corrigir os erros de arbitragem da partida. Já o advogado rubro-negro, Michel Assef Filho, lembrou que os casos foram flagrados e analisados tanto pelo árbitro da partida quanto pelo árbitro de vídeo.

O julgamento ganhou tom decisivo porque aconteceu na véspera do jogo de volta entre as equipes, que decidem na próxima quarta-feira uma das vagas nas semifinais da Copa do Brasil. Em caso de punição, a dupla ficaria fora da partida.

Os votos

O relator Washington Rodrigues votou pela absolvição da dupla:

– Já trouxe um voto pronto, porque para mim a discussão é maior. Nós éramos censores do árbitro de campo. Agora o VAR tem essa missão de analisar um lance que escapou. E nós viramos o quê? O VAR do VAR? Por essas razões, eu recebo a denúncia, mas no mérito julgo improcedente e absolvo os atletas.

O auditor Iuri Engel votou por não conhecer a denúncia:

– No próprio jogo em questão temos lances em que o Flamengo poderia ter reclamado das decisões do juiz. Acho um perigo abrir esse precedente. Por essas razões, meu voto é pelo não conhecimento da denúncia – declarou.

O auditor Marcelo Vieira votou por não conhecer a denúncia:

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue Reading

Esportes

Ingressos para Athletico x Flamengo estão esgotados; quartas de final da Copa do Brasil

Published

on

By

O Caldeirão vai ferver nas quartas de final da Copa do Brasil! Todos os lugares para a partida desta quarta-feira (17.08) estão esgotados.

Os ingressos para a torcida do Athletico Paranaense, que foram disponibilizados após o período de check-in dos Sócios, foram todos vendidos em pouco mais de uma hora.

As entradas para o setor visitante também estão esgotadas. Elas foram vendidas pelo Flamengo na semana passada.

ACESSOS

Os portões do estádio serão abertos às 19h30 nesta quarta-feira (17). O estacionamento coberto da Rua Brasílio Itiberê custará R$ 40 (abertura às 18h30 excepcionalmente nesta quarta-feira).

O acesso ao setor visitante segue sendo feito através da rua Petit Carneiro.

Veja o mapa de acessos:

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue Reading

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana