Mato Grosso do Sul

Confira as dicas dos bombeiros para um feriado prolongado mais seguro

Publicado

.

Campo Grande (MS) – A principal dica de segurança dos especialistas nesta época de pandemia do novo coronavírus todo mundo conhece: evitar aglomerações. O ideal é ficar em casa. Mesmo assim, no feriado prolongado nesta Semana Santa vai ter gente aproveitando chácara, fazenda e ou a piscina de casa. Para essas pessoas, vale a pena ficar atento às orientações de segurança do Corpo de Bombeiros Militares.

Antes de nadar:

  • Alimente-se com moderação, prefira comidas leves e evite o excesso de bebida alcoólica;
  • Crianças não devem brincar em piscina sem a supervisão de um adulto;
  • Cuidado com o limo nas pedras ele pode fazer você escorregar e cair na água;
  • Nunca mergulhe de cabeça em locais com profundidade desconhecida.

Em caso de afogamento:

  • Se você for a vítima mantenha a calma e não lute contra a força e correnteza da água. Guarde suas forças para flutuar e tente acenar por socorro. É menos desgastante e produz maior efeito;
  • Só grite se realmente alguém puder lhe ouvir, caso contrário, você estará se cansando e acelerando o afogamento;
  • Coloque os pés à frente, barriga para cima e direcione o braço de forma a usá-lo como um leme, desta forma a própria correnteza o levará a margem;
  • Se você for socorrer alguém analise os riscos e tome cuidado para não se tornar mais uma vítima;
  • Chame por ajuda e jogue qualquer material de flutuação ao afogado (garrafa pet vazia tampada, tampa de isopor, bola, etc.);
  • Deixe primeiro que a vítima se agarre ao objeto e fique segura. Só então tente puxá-la para a área seca, com ajuda de galhos, corda, ou outro material.

Se for viajar, antes de sair de casa:

  • Feche os registros de água e gás para evitar inundações e incêndio;
  • Retire os eletrodomésticos da tomada e desligue o chuveiro elétrico; isso evita que os equipamentos queimem caso ocorra alterações de tensões.

Na estrada:

  • Antes de pegar a estrada, faça a revisão do veículo. Reponha a água do radiador e para-brisa, verifique o óleo e faça a calibragem dos pneus (inclusive do estepe);
  • Use o cinto de segurança e exija que os outros passageiros também usem, não ultrapasse o limite de velocidade da pista e respeite a sinalização;
  • Se estiver com sono, pare o carro em local seguro, próximo a um posto policial, posto de serviços ou em algum hotel para descansar;
  • Não se arrisque em ultrapassagens. Em estradas, elas geralmente são mais perigosas do que na cidade – até para motoristas experientes.

Em situações de emergência, ligue 193.

Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação 

 

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Antes do inverno chegar, sul-mato-grossense terá mais um fim de semana de temperaturas amenas

Publicado

por


.

Campo Grande (MS) – Faltando poucos dias para o término do outono e início do inverno, o clima de transição mantém o clima frio em Mato Grosso do Sul neste final de semana. Embora a nova estação comece só no dia 20 de junho, o sul-mato-grossense já está se habituando as temperaturas amenas.

Análise do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) indica que um vórtice ciclônico levará instabilidade para áreas do norte e nordeste de MS no decorrer deste sábado, provocando queda das temperaturas no sul do Brasil e sul de MS.

“Entre os dias 06 e 07 de junho, ainda haverá áreas de instabilidades no Estado. Entre 08 a 13 de junho não haverá expectativa de chuva para grande parte do Estado, espera-se que a umidade relativa do ar fique abaixo de 30% à tarde, considerado estado de atenção segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS)”, diz trecho do boletim. 

Neste sábado e domingo os termômetros podem registrar temperaturas entre 12°C e 32°C conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Há possibilidade de chuvas isoladas para algumas regiões do Estado no sábado e no domingo. O tempo fica firme a partir de segunda-feira (8.6). Em Campo Grande as temperaturas podem variar entre 18°C e 29°C, com possibilidade de chuva isolada apenas no sábado. 

Estimativa do Climatempo aponta cinco frentes frias avançando pelo país durante o mês de junho, sendo a maior parte delas na primeira quinzena. Para o Centro-Oeste, há expectativa de incursão de massas de ar polar com as frentes frias, e risco de geada nos pontos onde tradicionalmente são os mais frios em Mato Grosso do Sul.

Mireli Obando, Subcom
Foto: Arquivo

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Agesul garante manutenção de estradas e pontes em Bela Vista e região

Publicado

por


.

Campo Grande (MS) – A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) intensifica os serviços de manutenção da malha rodoviária estadual na região de fronteira com o Paraguai, garantindo trafegabilidade e segurança. Na região de Bela Vista, abrangendo os municípios de Antônio João, Caracol e Porto Murtinho, recursos do Fundersul estão sendo direcionados para cascalhamento e patrolamento de estradas não pavimentadas.

Cascalhamento de trecho da MS-267 atende setor produtivo, com recursos do Fundersul

A regional da Agesul em Bela Vista informou que uma das ações prioritárias é a execução do serviço de tapa-buraco em vários trechos da MS-384, que liga o município a Antônio João e recebe tráfego intenso, a maioria caminhões. O Governo do Estado já contratou o projeto executivo da obra de restauração do pavimento da rodovia, entre o entroncamento com a MS-164 e BR-060, totalizando 90 quilômetros, beneficiando também Ponta Porã.

Bela Vista tem recebido uma série de investimentos por parte do Governo do Estado e uma reivindicação antiga da população está sendo atendida: a construção do contorno rodoviário que vai desviar do centro da cidade o fluxo de veículos que trafegam pelas rodovias BR-060 (acesso a Jardim), MS-84 (Caracol e Antônio João) e MS-472 (Bonfim e ligação com jazida de calcário). Serão aplicados R$ 13,5 milhões de recursos próprios do Fundersul.

Cascalhamento

A Agesul executa serviços de cascalhamento em duas estradas: na MS-458 (do trevo com a MS-267 até a Fazenda Firme, em Porto Murtinho) e na MS-267, totalizando 200 quilômetros. Também realiza raspagem de 42 quilômetros da MS-166 (Antônio João-Cabeceira do Apa) e MS-472, esta uma das mais movimentadas na região (recebe 150 veículos/dia, a maioria com carga de calcário). Na mesma rodovia, a ponte sobre o Córrego Jabuti está em manutenção.

Sílvio de Andrade, Subcom

Fotos, Agesul

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana