Três Lagoas-MS

  Últimas
MS é o 1º lugar no ranking nacional de transparência sobre coronavírus
Dia dos pais: Servidor estadual tem descontos de 3% a 30% no comércio de Campo Grande
Polícia Militar Ambiental de Miranda recolhe onça-pintada de 70 kg atropelada a 2 km da cidade, segunda este ano
Meia-atacante brasileiro Willian pode trocar Chelsea por Arsenal
Detran-MS suspende atendimento do Fácil Aero Rancho por sete dias por caso de Covid-19
Polícia Militar apreende um revólver, 78 munições e quase nove mil reais, em espécie, durante abordagem veicular em Caracol
Combate à violência contra mulher é tema do programa Vida Saudável da Rádio ALEMS
SES inaugura hospital de campanha e ativa mais 10 leitos de UTI-Covid no Regional de Ponta Porã
Bazé chama atenção para casos de Covid e pleiteia pavimentação
Agosto Lilás: ALEMS apoia campanha e aprova projetos para defesa da mulher
Policiais Militares recuperam veículo de luxo furtado no Estado de São Paulo
PRF prende passageira de ônibus com 2 Kg de cocaína em Rio Brilhante (MS)
PRF apreende 105,25 Kg de maconha e skunk em Ponta Porã (MS)
Polícia Militar Ambiental de Costa Rica autua laticínio em R$ 6,3 mil por lançamentos de efluentes no solo sem tratamento
Operação Hórus – Polícia Militar apreende mercadoria descaminhada
Zona Azul ficará inoperante até 12h de hoje devido furto na empresa Central Park
Liga dos Campeões da Europa retorna com jeito de Copa do Mundo
Procuradoria-Geral do Estado participa de live da OAB/MS
Simpósio de educação patrimonial aborda os bens arquitetônicos de MS
Curso aborda aspectos fisiológicos aplicados à criança e ao adolescente na prática esportiva
Projetos selecionados da Sejusp recebem recursos da Justiça Federal
Agesul anuncia reconstrução emergencial de ponte queimada na MS-228
Protetores faciais garantem mais proteção a servidores do semiaberto de Três Lagoas
Com investimento de R$ 25 milhões, duplicação da MS-156 começa nas próximas semanas
Programa UEMS Acolhe oferece novo curso on-line para migrantes internacionais
Meteorologia prevê bastante sol para o fim de semana de dia dos pais
Drive thru da Capital dobra capacidade e faz 258 testes diários de Covid a partir desta sexta-feira
Água Clara chega a 37 positivos com Coronavírus
Morte de duas pessoas bastante conhecidas em Água Clara
Polícia Militar age rápido e recupera motocicleta furtada poucas horas depois em Coxim
Next
Prev

Brasil

Ciclone mata pelo menos dez pessoas e causa estragos no Sul do Brasil

Publicado

Pelo menos dez pessoas morreram em consequência do ciclone extratropical que atingiu a região sul do Brasil ontem com ventos que superaram 100 km, chuvas e granizo que causaram muitos estragos.

Santa Catarina registrou nove óbitos e um ocorreu no Rio Grande do Sul. O governo catarinense disse que até a manhã de hoje os Bombeiros já tinham atendido por volta de 1,6 mil chamadas.

Nos dois estados e também no Paraná, os estragos deixaram milhares de famílias desabrigadas e milhões de pessoas sem energia elétrica e sem sinais de telefone e de internet. 

CICLONE BOMBA PASSA NA REGIÃO SUL DO BRASIL

Pelo menos dez pessoas morreram em consequência do ciclone extratropical que atingiu a região sul do Brasil ontem com ventos que superaram 100 km, chuvas e granizo que causaram muitos estragos.Santa Catarina registrou nove óbitos e um ocorreu no Rio Grande do Sul. O governo catarinense disse que até a manhã de hoje os Bombeiros já tinham atendido por volta de 1,6 mil chamadas.Nos dois estados e também no Paraná, os estragos deixaram milhares de famílias desabrigadas e milhões de pessoas sem energia elétrica e sem sinais de telefone e de internet.

Posted by Portal de Notícias ArapuáMS on Wednesday, July 1, 2020

Comentários Facebook

Brasil

Desembargador humilha guarda após multa por não usar máscara em SP: ‘Analfabeto’

Publicado

Um desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo foi flagrado humilhando um guarda civil municipal de Santos, no litoral de São Paulo, após ser multado por não utilizar máscara enquanto caminhava na praia. Um vídeo obtido pelo G1 neste domingo (19) mostra Eduardo Almeida Prado Rocha de Siqueira chamando o GCM de ‘analfabeto’, rasgando a multa e jogando o papel no chão e, por fim, dando uma ‘carteirada’ ao telefonar para o Secretário de Segurança Pública do município, Sérgio Del Bel, para que o mesmo ‘intimidasse’ o guarda municipal.

Em determinado momento do vídeo, ele chega a falar em francês com o rapaz, que fica sem entender.

De acordo com informações apuradas pelo G1, o desembargador Eduardo Siqueira foi flagrado por uma equipe da Guarda Civil Municipal caminhando sem máscara pela faixa de areia da praia de Santos durante a tarde deste sábado (18). O vídeo mostra o momento em que os agentes abordam Eduardo, pedindo a colocação do item obrigatório. Na cidade de Santos, pessoas que não usam a máscara, por conta da pandemia do novo coronavírus, podem ser multadas.

Nas imagens, o desembargador diz que não vai assinar a multa e confronta o guarda afirmando que rasgaria o papel se ele insistisse em aplicar a sanção pela falta de uso do item de proteção. O Guarda Municipal, em seguida, alerta que se o desembargador jogasse a multa, ele seria autuado por desperdício em via pública, levando uma segunda multa. Ignorando o profissional, o desembargador rasgou o papel, jogou na faixa de areia da praia e foi embora em seguida.

“Você quer que eu jogue na sua cara? Faz aí, que eu amasso e jogo na sua cara”, diz o desembargador ao ser abordado sem máscara, se referindo à multa por não usar o acessório.

Em seguida, o homem pega o celular e, segundo ele, liga para o Secretário de Segurança Pública do município, Sérgio Del Bel Junior. “Estou aqui com um analfabeto”, diz o homem ao telefone. “Eu falei, vou ligar para ele [Del Bel] porque estou andando sem máscara. Apensar eu estou andando nessa faixa da praia e ele está aqui fazendo uma multa. Eu expliquei e eles não conseguem entender”, reclama ao telefone.

No momento em que o guarda municipal está finalizando o preenchimento do papel da multa, o desembargador arranca o papel da prancheta, o amassa e joga no chão. O homem dá as costas para a equipe e sai andando, indo embora do local.

Procurada pelo G1, a Prefeitura de Santos informou que, durante força-tarefa realizada neste sábado, o munícipe que aparece nas imagens foi abordado por não cumprir o decreto nº 8.944, de 23 de abril de 2020, que determina o uso obrigatório de máscara facial sob pena de multa no valor de R$ 100.

Uma equipe da Guarda Civil Municipal (GCM) abordou o homem pedindo que o mesmo colocasse a máscara. Diante da recusa, foi lavrada a multa. Trata-se de um caso de reincidência: o mesmo cidadão já foi multado em outra data por cometer a mesma infração.

O secretário de Segurança de Santos, Sérgio Del Bel, deu total apoio à equipe que fez a abordagem e a multa foi lavrada na tarde deste sábado (18). A Prefeitura de Santos se diz veemente contra qualquer ato de abuso de poder e, por meio do comando da GMC, dá total respaldo ao efetivo que atua na proteção do bem público e dos cidadãos de Santos.

A administração municipal também esclarece que a gestão das praias está sob a competência e responsabilidade do município. De acordo com o artigo 14 da Lei Federal nº 13.240/2015, a Prefeitura de Santos celebrou, em 2017, termo de adesão com a Secretaria de Patrimônio da União (SPU), por meio do qual a União outorgou ao município a gestão das praias marítimas urbanas, inclusive bens de uso comum com exploração econômica, pelo período de 20 anos.

Decreto Municipal

Desde o início de maio, um decreto da Prefeitura de Santos obriga o uso de máscaras faciais não profissional durante o deslocamento de pessoas pelos bens públicos do município e para o atendimento em estabelecimentos com funcionamento autorizado, como nos meios de transporte público ou privado de passageiros e atividades laborais em ambientes compartilhados nos setores público e privado.

Comentários Facebook

Continue lendo

Brasil

Brasil registra 1.346 mortes por coronavírus em 24h; num total de 81.597

Publicado

Segundo país do mundo com mais contaminados e mortos pelo novo coronavírus, o Brasil registrou nesta terça-feira, 21, mais de mil óbitos pela doença. Foram 1.346 novas mortes e mais 44.887 casos confirmados de infecção em 24 horas, segundo dados do levantamento realizado pelo Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL junto às secretarias estaduais de Saúde.

No total, 81.597 vidas já foram perdidas por causa da covid-19 e 2.166.532 pessoas foram infectadas. O País contabilizou mais de 100 mil novos casos em apenas quatro dias. Nos últimos sete dias, o Brasil registrou uma média diária de 1.048 óbitos por covid-19.

O Brasil é a segunda nação do mundo com maior número de casos e mortes por covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, que possuem 3,8 milhões de infecções confirmadas e 141 mil óbitos, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

O país retomou nesta terça o patamar de mais de 40 mil infecções e mais de mil mortes, como ao longo da semana passada.

O Estado de São Paulo chegou a 20.171 mortes por novo coronavírus nesta terça-feira, das quais 383 foram registradas nas últimas 24 horas. O número de casos confirmados é de 422.669, um acréscimo de 6.235 casos.

O Rio de Janeiro é o segundo Estado com mais vítimas fatais (12.293). Em terceiro vem o Ceará (7.305). Na sequência estão: Pernambuco (6.089), Pará (5.581), Amazonas (3.169), Bahia (2.936), Maranhão (2.778), Minas Gerais (2.071) e Paraíba (1.558).

Em plena pandemia da covid-19, o Ministério da Saúde completou 67 dias sem chefe titular nesta terça-feira, 21. A pasta mais uma vez deixou de fazer a entrevista coletiva para prestar esclarecimento sobre as ações relacionadas ao combate da covid-19.

Consórcio de veículos de imprensa

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação, que uniram forças para coletar junto às secretarias estaduais de Saúde e divulgar os números totais de mortos e contaminados. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia.

O órgão informou, no início da noite desta terça-feira, que o Brasil contabilizou 1.367 óbitos e mais 41.008 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Com isso, segundo o Ministério da Saúde, no total são 81.487 mortes e 2.159.654 casos confirmados pelo coronavírus. O número é diferente do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Comentários Facebook

Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana