TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Mais do que só ver peixes, visitante ganha conhecimento sobre biomas de MS e do mundo
Domingo tem pequena elevação na temperatura e previsão de chuva nas regiões Sul e Sudoeste do Estado
Tentando embalar no Brasileiro, Fluminense visita o Fortaleza
Atividades sobre prevenção de acidentes com produtos químicos são realizadas na EE Guimarães Rosa
Pátio Zero: Detran-MS abre três leilões para sucata inservível e aproveitável
Em convênios com municípios, Governo do Estado destina R$ 31 milhões para obras
Programa Mais Social garante alimento para famílias em situação de vulnerabilidade em Mato Grosso do Sul
Comando do 2º BPM se reúne com os Presidentes de Bairros de Três Lagoas
Botafogo arranca empate com o América-MG no Independência
Palmeiras derrota Juventude e se aproxima da liderança do Brasileiro
Festival de Pesca de Corumbá tem 121 peixes capturados e dourado é o destaque
Atlético-GO faz 2 a 0 no Coritiba e vence a primeira no Brasileiro
Flamengo bate o Goiás e alivia pressão momentaneamente
Polícia Militar apreende autor de furto em carreta na área rural
Em Eldorado, Policia Militar apreende 37 kg de maconha
Em Naviraí, Policia Militar prende foragido da justiça
Lyon derrota Barcelona em Turim e conquista Liga dos Campeões feminina
Polícia Militar, através do BPMRv, apreende 322 kg de maconha na MS 395 em Brasilândia
Ana Marcela Cunha garante ouro na Espanha
Isaquias Queiroz é prata na Copa do Mundo de Canoagem Velocidade
Operário vira para cima do Ituano na Série B
Drogas e mandado de prisão são cumpridos durante ação da PM em Dourados
Com apoio da SubsLGBT, Miss beleza T Mato Grosso do Sul acontece neste sábado
Guarnição de Boqueirão apreende 58 tabletes de substância análoga a maconha
PMA de Campo Grande autua arrendatário em R$ 10 mil por manter gado degradando área protegida de matas ciliares de córrego em propriedade alheia de empresa de celulose
Corinthians segue preparação para o Majestoso
Em dia de ensaio final para encarar o Juventude.
Flamengo conclui preparação para o confronto contra o Goiás
Em casa, Brusque-SC supera o Tombense-MG
Bahia vence a Ponte Preta e assume a liderança da serie B
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Chamamento público da Sedhast com R$ 4,6 milhões em recursos já está aberto; saiba como se inscrever

Publicado


Lançado nesta quinta-feira (27) por meio de publicação no Diário Oficial do Estado (DOE/MS), o primeiro edital de chamamento público da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) em 2022 disponibilizará R$ 4,6 milhões de reais para Organizações da Sociedade Civil (OSC’s) atuarem na promoção da melhoria da qualidade de vida da população em situação de vulnerabilidade social. O prazo para envio de propostas começa amanhã e segue até 3 de março.

“É um recurso muito importante e que vem apoiar a nossa população, por meio das OSC’s que prestam trabalhos relevantes em Mato Grosso do Sul. Com esses recursos, que dobraram em 2022, vamos chegar mais longe e atender ainda mais pessoas em nosso estado. É um trabalho conjunto que conta com esse grande aporte financeiro do Governo do Estado”, ressaltou a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

Serão 63 propostas escolhidas distribuídas em 11 eixos de atuação que contemplam, por exemplo, o enfrentamento a violação dos direitos da criança e do adolescente; projetos direcionados às famílias de dependentes químicos, no processo de reabilitação em comunidades terapêuticas; projetos que promovam a melhoria na qualidade de vida da pessoa idosa, em organizações de longa permanência e também propostas que tenham como objetivo projeto com política de inclusão às pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Etapas e prazos do edital conforme publicado no DOE/MS 10.741

Uma novidade no edital deste ano é que cada OSC poderá inscrever até duas propostas, sendo uma proposta principal e uma proposta secundária, em eixos diferentes, compatíveis com a área de atuação, prevista em seu estatuto. A proposta secundária somente será analisada em caso de vacância no eixo escolhido.

Na publicação do DOE/MS 10.741 de hoje, a partir da página 36, também é possível conferir as formas de envio das propostas e todos os detalhes das ações e programação orçamentária de liberação dos recursos.

Por meio da Coordenadoria de Apoio as Organizações da Sociedade Civil (Caosc) da Sedhast, informações e eventuais dúvidas podem ser sanadas pelo telefone (67) 3318-4178.

A Caosc, vinculada à Superintendência da Política de Direitos Humanos da Sedhast, tem como atribuições prestar serviço de assessoria, orientação, capacitação e informação, dando suporte de fato e de direito aos municípios, aos grupos formais e informais representativos da sociedade civil, fomentando a participação nos diversos espaços de execução e controle social das Políticas Públicas.

Leomar Alves Rosa, Sedhast

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Mais do que só ver peixes, visitante ganha conhecimento sobre biomas de MS e do mundo

Publicado

por

Condutores e guias de turismo são responsáveis por apresentar a biodiversidade local, suas características e a importância da preservação das espécies

“É um modo diferente de ensinar”, diz condutor do Bioparque Pantanal. Um dos principais objetivos do complexo é apresentar, no período de cerca de uma hora que os visitantes ficam no local, sobre a importância da preservação ambiental, tendo em vista a diversidade de espécies que existem no complexo e seu papel na natureza. Por este motivo condutores acompanham diariamente o público geral e estudantes, oferecendo não só a contemplação, mas experiência e conhecimento.

Biólogo Bruno Carlos Feliciano

O biólogo Bruno Carlos Feliciano é um dos profissionais que faz o percurso do Bioparque. Segundo ele, além de ensinar, ele também aprende com os visitantes. “A experiência é incrível, além de levar esse ensinamento sobre a educação ambiental, a nossa cultura local, nós também aprendemos com eles todos os dias, é uma troca”, disse.

Com décadas de experiência como guia de turismo, Carlos Iracy se sente privilegiado em poder fazer parte da equipe do complexo. “Eu me sinto bem fazendo esse trabalho, é muito emocionante quando você ouve as pessoas falando que o passeio superou as expectativas”, declarou.

Coordenador do NEA, Tiago Green

Além do público em geral, o Bioparque Pantanal recebe grupos de estudantes de Campo Grande e interior do Estado. A empolgação dos alunos é visível nos dias de passeio, os olhares curiosos e atentos a todos os detalhes são conduzidos pelos membros do Núcleo de Educação Ambiental (NEA). “Nosso espaço, no contexto escolar, amplia todas as possibilidades de temáticas, principalmente relacionadas aos biomas, sejam biomas nacionais e internacionais, sempre com muita ênfase no Pantanal. O profissional contextualiza para o estudante tudo o que ele aprende na teoria e traz para a prática”, explicou o coordenador do núcleo, Tiago Green.

Projeto Florestinha está presente no Bioparque para mostrar sobre a importância e cuidados com a fauna inserida no nosso citidiano

Interação com as crianças

Professor e psicólogo, Daniel Ventura faz parte do NEA e de forma criativa consegue prender a atenção das crianças durante o percurso pelo Bioparque. Acompanhado do violão e paródias com letras fáceis e divertidas, o passeio se transforma numa festa e o aprendizado flui de forma leve. “Para um professor receber um estudante é sempre uma alegria, a gente se mobiliza por inteiro. Minha família é muito cultural, gosta de dança, de música e eu aprendi a ser assim também e claro que isso no espaço escolar é muito valorizado e as crianças engajam mais quando isso mobiliza”, pontuou o profissional.

Para a professora Thalyta Cássia, responsável por um grupo de crianças entre 4 e 5 anos, o trabalho do condutor foi fundamental no passeio dos pequenos. “Essa faixa etária precisa muito disso, não é só falar, é necessário saber se expressar. Antes de vir aqui a gente explica a importância do lugar, dos animais para as crianças, mas os profissionais daqui nos dão todo o suporte, ele é fundamental”, disse.

A condução aborda as características de cada bioma

Sueli Rocha é pedagoga, arte-educadora e também faz parte do NEA. Atuante na área de educação há mais de 20 anos, a profissional vê o Bioparque como um espaço de inovação. “O nosso papel aqui dentro é relevante no sentido de poder colocar em prática toda a nossa ação, nós vemos que as crianças já chegam aqui com uma ideia de diversão, mas a pedagogia em si acaba trazendo todo aquele conceito de sala de aula de um modo diferenciado. Aqui é um espaço de inovação, é um modo diferente de ensinar”.

O visitante de Coxim, Camilo Bressan visitou o Bioparque Pantanal na última quinta-feira (19) ficou fascinado com a estrutura do local e parabenizou a equipe da recepção e o condutor do percurso. “Estou fascinado, realmente é algo que deixa a gente sair daqui admirado com tanta beleza que temos no nosso estado. O guia do meu grupo esclareceu todas as minhas dúvidas e eu pude sair daqui com mais conhecimento na bagagem”.

Thalyta Cássia é responsável por um grupo de crianças entre 4 e 5 anos

A diretora-geral do Bioparque Pantanal, Maria Fernanda Balestieri, explica que o objetivo é transferir conhecimento para quem visita o local. “Temos grandes aquários ao redor do mundo, mas o nosso é o maior de água doce, penso que é a nossa responsabilidade passar informações dos nossos biomas, desta forma, estamos ajudando a mostrar quanto é importante entender e respeitar a natureza para que as espécies sejam preservadas”, frisou.  

Rosana Lemes, Subcom
Fotos: Bruno Rezende
Vídeo: @bioparquepantanaloficial

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Domingo tem pequena elevação na temperatura e previsão de chuva nas regiões Sul e Sudoeste do Estado

Publicado

por

A previsão para este domingo (22) é de tempo firme, com pequena elevação na temperatura, no entanto não estão descartadas pancadas de chuvas isoladas nas regiões Sul e Sudoeste do Estado, principalmente durante a tarde e a noite.

Segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de MS), esperam-se temperaturas mais amenas ao amanhecer, e as máximas com pequena elevação, podendo chegar a 28°C em Corumbá, na região pantaneira. A umidade relativa do ar ficará baixa, entre 25% e 40%.

Os ventos atuam de leste nas primeiras horas do dia mudando para nordeste/norte/noroeste ao longo da tarde. Esta mudança vai fazer com que as temperaturas máximas subam lentamente, diminuindo a sensação de frio no Estado.

A previsão é que em Campo Grande a máxima chegue a 25°C e a mínima de 10°C. Para Dourados fica entre 8°C (mínima) e 22°C (máxima). Já em Corumbá pode chegar a 28°C (máxima) e a mínima fica em 15°C. Na região Norte, em Sonora, a temperatura varia de 10°C (mínima) e 27°C (máxima). Já no extremo sul do Estado, em Sete Quedas, fica entre 9°C (mínima) e 20°C (máxima).

Leonardo Rocha, Subcom
Foto Capa: Chico Ribeiro

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana