Bombeiro

Carreta carregada de celulose pega fogo em Três Lagoas

Publicado

Por volta das 17h desta terça-feira (31) populares acionaram via telefone 193, o Corpo de Bombeiros de Três Lagoas, para ocorrência de incêndio de uma carreta de grande porte (bitrem) nas proximidades da ponte na divisa de MS e SP sentido Três Lagoas-Castilho.

No local, o fogo foi contido impedindo que que se alastrasse para a carga de celulose. A carreta (cavalo mecânico) foi totalmente consumida pelo fogo. Não houve vítimas, apenas prejuízos materiais.

Segundo informações do condutor, tudo estava normal, nada de errado foi apontado no painel, mas logo que atravessou a ponte notou fumaça na cabine, estacionou com cuidado e se protegeu das chamas.

Uma ação rápida do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas evitou que um incêndio atingisse os cabos de transmissão que abastece as cidades do Estado de São Paulo, como Castilho e Andradina.

O motorista revelou aos militares que seguia no sentido Três Lagoas-Castilho e após passar a ponte do Rio Paraná, notou fumaças na cabine do caminhão.

 “Tivemos que atuar rápido par evitar um dano maior, até mesmo à população daquele Estado que ficaria sem energia, caso os cabos de alta tensão fossem atingidos. O deslocamento da nossa base até a ocorrência foi em torno de 8 Km e devido a resposta rápida no atendimento, conseguimos evitar um mal maior”, disse o oficial da corporação.

Dois caminhões e quatro bombeiros gastaram aproximadamente 2,5 mil litros de água para apagar o fogo que atingiu o cavalo mecânico. A carga e a carreta não foram atingidas pelo fogo. A rodovia ficou interditada por uma hora.

Comentários Facebook

Bombeiro

Em Três Lagoas| Bombeiros combatem incêndio em residência no bairro Vila Nova

Publicado

Equipes do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas foram solicitados na noite desta quinta-feira (21) no bairro Vila Nova, para extinguir um incêndio em residência.

A residência, localizada na esquina das Ruas David de Alexandria e Duque de Caxias ficou parcialmente queimada.

Cerca de 7 mil litros de água foram usados na ocorrência, que não teve vítimas. As causas do incidente ainda são desconhecidas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Bombeiro

Professora de Três Lagoas e dois filhos morrem em acidente na BR 262

Publicado

Um grave acidente ocorrido manhã quinta-feira (21) no km 68 na BR 262, próximo ao posto de combustível do Distrito de Garcias tira a vida de três moradores de Três Lagoas.

Por volta das 6h30 min uma equipe da PRF foi avisada por um usuário da BR 262 de um acidente de transito próximo ao Distrito de Garcias, e imediatamente os policiais acionaram o Corpo de Bombeiros do 5º GBM com sede em Três Lagoas.

Ao chegarem no local a guarnição constatou que haviam três pessoas sem vida dentro do Fiat Siena com placas de Três Lagoas, mas com a forte colisão não dava para identificar, até o momento se achavam que seria duas mulheres e uma criança.

Um caminhão foi usado para puxar o Fiat Siena que estava embaixo do Treminhão a qual tinha colidido frontalmente, logo em seguida a equipe do Corpo de Bombeiros  com equipamentos Kit Exticador Holmatro Spreader ‘expansor”, Cutter ‘alicate de corte hidráulico’ e correntes multi uso (permite a retirada de vítimas presas em ferragens de automóveis cuja força para o corte é geralmente promovida pelo bombeamento hidráulico, por um motor ou gerador). A primeira a ser retirada sem vida das ferragens foi a motorista a professora Nilda Torales Ferreira de 33 anos, com um corte profundo na cabeça.

Do lado do motorista estava um dos filhos da professora,  também sem vida, que foi retirado pelos bombeiros, que continuaram o trabalho de desencarceramento do veículo, após a retirada da porta traseira foi constado que o terceiro passageiro seria outra criança, foi identificado que as duas crianças do sexo masculino são nascidas nos anos de 2008 e 2009.

O acidente

Segundo informações da PRF, por volta das 6h15 min, um Fiat Siena estava indo sentido Água Clara/Três Lagoas no Km 68 da BR 262, e ao ultrapassar, colidiu de frente com uma carreta treminhão que seguia para Água Clara, onde buscaria toras de eucaliptos para uma empresa de celulose de Três Lagoas, o motorista da carreta não teve ferimentos.

No local estiveram duas viaturas da PRF (Polícia Rodoviária Federal) que deram assistência ao atendimento, com o bloqueio da rodovia, que ficou parada por cerca de duas horas e meia, muitos motoristas apressados usaram uma estrava vicinal ao lado da rodovia, que serve para as equipes darem manutenção nas plantações de eucalipto.

 Viatura do Corpo de Bombeiros que fizeram o trabalho de desencarceramento com a retirada dos corpos, uma equipe da pericia, da funerária e de serviço de guincho.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL).

A professora é natural de Porto Murtinho-MS, mas atuava na Rede Estadual de Ensino em Três Lagoas (MS), onde residia há alguns anos e será sepultada com os filhos na cidade natal de Porto Murtinho-MS.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana