Três Lagoas-MS

  Últimas
Segurança pública ganha reforço de mais de 100 novas viaturas em MS
Vôlei: mercado segue agitado antes do início da temporada 2020/2021
Polícia Militar em Nioaque prende dois homens por Descumprir Medidas Sanitárias Preventivas e Desobediência
Polícia Militar cumpre Mandado de Prisão durante atendimento de ocorrência em Bela Vista
Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua infrator em R$ 10 mil por degradação de nascentes para plantio de pastagem e manter gado na área protegida
Domingo tem Autocine com exibição do filme “O menino da porteira”
Além de Kit Alimentação,  Prefeitura de Três Lagoas entrega Kit Hortifrúti para mais de 11 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (REME)
Redução da punição ao Manchester City gera polêmica na Inglaterra
Ponto de Vista discute projeto de lei que combate fake news
Empresas credenciadas ampliarão atendimento e facilitará acesso aos serviços de vistoria em MS
30 anos dedicados em servir e proteger
Além de Kit Alimentação,  Prefeitura de Três Lagoas entrega de Kit Hortifrúti para mais de 11 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (REME)
Unidades de Saúde serão pontos de descarte de medicamentos vencidos em Três Lagoas
Segurança em Pauta entrevista o secretário de Justiça de MS, Antonio Carlos Videira
Saúde divulga novo mapa hospitalar de leitos para coronavírus
Suinocultura de MS cresce acima da média nacional com biossegurança e sustentabilidade
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo autua arrendatário em R$ 10 mil para derrubada de 150 árvores em 33,70 hectares para plantio de lavoura
PGE em Ação exibe entrevista sobre atuação das procuradorias estaduais em época de pandemia
Vereadores aprovam LDO e redução do valor de multa por desrespeito a prevenção à Covid
SES realiza 7,3 mil testes de coronavírus por semana em MS, o que representa 43 exames a cada hora
Comando da PMA define estratégias para controle de incêndios no Pantanal
Polícia Militar de Sonora prende jovem por direção perigosa e desobediência
Em Eldorado, Polícia Militar recupera bicicleta furtada
Adaptada em meio a pandemia, Semana de Vela de Ilhabela será virtual
Polícia Militar intensifica fiscalizações de prevenção e combate ao COVID-19
Projeto veda atos públicos com aglomeração de pessoas para conter Covid-19
Comando da Polícia Militar Ambiental vai a Miranda e Corumbá analisar a situação dos incêndios no Pantanal e discutir estratégias de fiscalização preventiva
Polícia Militar prende dois homens por dirigirem embriagados em Aparecida do Taboado
Casos de dengue seguem em queda, mas Saúde mantém ações de bloqueio químico
Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, recebe homenagem da Câmara de Vereadores de Ponta Porã
Next
Prev

Notícias da Região

Capital paulista reabrirá bares e restaurantes a partir de 6 de julho

Publicado

A capital paulista entrou na fase amarela do Plano São Paulo e vai poder, a partir da próxima semana, reabrir bares, restaurantes e salões de beleza. Apesar disso, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse que houve uma recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo para que a capital espere por mais uma semana – e confirmando a manutenção na fase amarela na próxima sexta-feira (3), poderá então reabrir bares, restaurantes e salões de beleza a partir do dia 6 de julho.

“Apesar do município avançar agora para a fase 3 [amarela, do Plano São Paulo], a pandemia continua a existir. Continuamos a solicitar que a população use máscara, evite deslocamento desnecessário e evite aglomeração”, disse o prefeito Bruno Covas. “Por recomendação do Centro de Contingência, vamos esperar uma semana. Portanto, [vamos esperar] a classificação que teremos na sexta-feira da semana que vem [3 de julho] para que o município possa abrir aquilo que a fase amarela permite”, falou Covas.

Segundo Covas, a prefeitura vai aproveitar a próxima semana para conversar e dialogar com os setores que estarão autorizados a funcionar na fase amarela. “Durante a semana que entra, vamos conversar e dialogar com os setores que podem voltar a funcionar na fase 3. Vamos assinar os protocolos [para a reabertura] para que eles possam, portanto, aguardar o resultado da sexta-feira da semana que vem. E se o resultado da sexta-feira que vem confirmar o município na fase 3, amarela, eles vão poder reabrir a partir do dia 6 de julho”, explicou o prefeito.

Hoje (26), o governo de São Paulo apresentou uma nova atualização do Plano São Paulo, plano de retomada da atividade econômica do estado de São Paulo – e que começou a ser feito a partir do dia 1º de junho. O Plano São Paulo é dividido em cinco fases que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (vermelho) a etapas identificadas como controle (laranja), flexibilização (amarelo), abertura parcial (verde) e normal controlado (azul). O Plano São Paulo também é regionalizado, ou seja, o estado foi dividido em 17 regiões e cada uma delas é classificada em uma fase.

plano são paulo em 26/06
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Com a nova atualização do Plano São Paulo, grande parte do estado foi classificada na fase 1- vermelha. Com isso, as regiões de Araçatuba, Bauru, Franca, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto e Sorocaba terão que se manter em quarentena e só poderão reabrir atividades consideradas essenciais como de logística, abastecimento, saúde e segurança. Isso ocorreu, sobretudo, pelo aumento no número de casos, enquanto na região de Piracicaba, houve também aumento expressivo de óbitos. “Temos um crescimento muito importante da epidemia [no interior] que se traduz tanto no número de casos quanto no de internações e de óbitos. Por isso está sendo feito um trabalho muito grande de controle da epidemia e melhoria da capacidade hospitalar”, disse Patricia Ellen, secretária estadual de Desenvolvimento Econômico.

Já a capital paulista e duas regiões metropolitanas – a sudeste e a sudoeste, entraram na fase amarela. A região sudeste da Grande São Paulo engloba os municípios de Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do e a do sudoeste engloba as cidades de Cotia, Embu, Embu Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra, Vargem Grande Paulista. “Vemos que na capital e na região metropolitana houve melhora significativa da epidemia. Notamos isso na ocupação de leitos, na queda de internações e menor variação de casos. Na capital, inclusive, teve redução do número de óbitos em relação à semana anterior”, falou Patricia Ellen.

Na fase amarela, bares, restaurantes e salões de beleza e barbearias poderão reabrir, mas com limitação de 40% do público e horário reduzido de funcionamento, podendo funcionar por apenas seis horas. Já os shoppings centers e comércio de rua, que poderiam abrir já na fase laranja, poderão agora ampliar o horário de funcionamento de quatro para seis horas por dia, além de poder ampliar também sua capacidade, de 20% a 40%.

As demais regiões do estado estão na fase laranja. Estão nessa fase as regiões de Araraquara, Baixada Santista, Barretos, Campinas, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, Taubaté e três regiões metropolitanas: Grande São Paulo Norte (Franco da Rocha), Grande São Paulo Leste (Alto Tietê) e Grande São Paulo Oeste (Osasco). A fase laranja prevê reabertura de 20% da capacidade de escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias por quatro horas diárias.

Apesar da flexibilização, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (26) a prorrogação da quarentena em todo o estado de São Paulo até o dia 14 de julho. É a sexta vez que a quarentena é prorrogada no estado.

Média estadual

Com a compra de respiradores e criação de novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em todo o estado, a capacidade hospitalar para atendimento a pacientes graves da covid-19 [a doença provocada pelo novo coronavírus] é satisfatória em praticamente todas as regiões do estado. Porém, o aumento no número de casos na maior parte do interior provocou a restrição total em praticamente metade do território estadual.

Na média estadual medida a cada sete dias e fechada na última quarta (24), houve redução na taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva para tratamento da covid-19 de 66,5% para 65,5% na comparação com a semana anterior, além de aumento na média de vagas por 100 mil habitantes de 19,1 para 19,7. Já a taxa de internações caiu 2% na mesma comparação.

No entanto, a média estadual de casos de infectados por coronavírus subiu 35% na mesma comparação. Houve aumento também na taxa semanal de mortes por covid-19, que subiu 11% em relação à reclassificação da semana passada. Na comparação mensal, o número de infectados passou de 81 mil novas infecções em maio para 138.889 em junho e os novos óbitos passaram de 5.240 em maio para 6.144 em junho. Isso se deve, sobretudo, ao interior do estado, onde está ocorrendo uma aceleração da pandemia.

Por Agência Brasil

Comentários Facebook

Notícias da Região

Pata de Onça doa 10 cestas básicas para campanha “Quarentena Solidária”

Publicado

Alimentos foram adquiridos com recursos próprios do bike clube

O Bike Clube Pata de Onça doou 10 cestas básicas para a campanha “Quarentena Solidária”, desenvolvida pelo Ministério Público Estadual (MPE), por meio da Promotoria de Justiça de Nova Andradina.

Os alimentos foram adquiridos com recursos próprios da organização e entregues ao promotor Alexandre Rosa Luz. Anteriormente, o Pata de Onça já havia destinado R$ 4.500,00 em máscaras para o Hospital Regional de Nova Andradina.

“Antes das máscaras, distribuímos mais de 200 latas de leite zero lactose para contemplar crianças da rede pública de saúde e do setor de pediatria do Hospital Regional”, lembrou Walter Bernegozzi, presidente do Bike Clube.

Quarentena Solidária

O projeto é liderado pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul e visa à arrecadação de alimentos, roupas e materiais de higiene para serem distribuídos a famílias em situação de vulnerabilidade social, que são as mais afetadas neste período de pandemia.

A primeira etapa da campanha, promovida em parceria com empresas do município, arrecadou mais de sete toneladas de alimentos, 3 mil peças de roupas, 300 pares de calçados e kits de higiene, contemplando mais de 70 famílias em Nova Andradina.

Para mais informações e/ou fazer doações para a campanha “Quarentena Solidária”, basta entrar em contato pelos telefones (67) 99272-1482, 99251-1537 e 99270-3313.

Comentários Facebook
Continue lendo

Notícias da Região

Padrasto é agredido por moradores após estuprar bebê de 1 ano em MS

Publicado

A polícia da cidade de  Camapuã, investiga um homem suspeito de estuprar um bebê de 1 ano. Ele seria padrasto da vítima, que passou por exames no IML (Instituto de Medicina Legal). O homem foi agredido por moradores que ficaram sabendo do crime.

Informações apuradas pelo Jornal Midiamax, são de que o crime aconteceu no domingo (5), sendo o autor denunciado à polícia. Os avós da criança suspeitaram do abuso depois que tentaram dar banho no bebê e perceberem que haviam machucados nas nádegas do bebê, que poderiam ter sido provocados pelo abuso sexual.

A criança foi levada para fazer exames de corpo de delito no IML, que atestaram o estupro. O homem teria sido espancado por moradores que foram até a residência dele, sendo o suspeito levado para a delegacia.

O delegado de polícia da cidade, Leonardo Antunes, espera pelos laudos e ainda irá representar pela prisão preventiva do suspeito.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana