TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Flamengo perde para o Fluminense por 3 a 1 no Maracanã
Polícia Militar em Nova Andradina prende homem por dano e violência doméstica
|| Em Miranda, Polícia Militar cumpre mandado de prisão e apreende arma de fogo ||
|| Em Aquidauana, Polícia Militar prende homem por tráfico de drogas ||
Em quatro anos, índice de roubos cai pela metade em Campo Grande
Funtrab/MS oferece 2.009 vagas de emprego em todo o Estado
Prefeito de Três Lagoas assina autorização para início da obra de restauração asfáltica de ruas do Interlagos
Programa Vida Saudável fala sobre técnica que melhora concentração e memória
Em entrevista à Caçula FM de Três Lagoas, Bolsonaro fala sobre importância de MS para o Brasil
Em Três Lagoas| Jovem fica ferido em acidente próximo da 2º lagoa
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande resgata filhotes de tucano após queda de árvores em virtude de tempestade
Em Naviraí, Polícia Militar prende homem por porte ilegal de arma de fogo
Polícia Militar prende homem por prática de direção perigosa e adulteração de sinal identificador de veículo em Nova Andradina
Polícia Militar apreende moto irregular em Alcinópolis
Polícia Militar prende indivíduos por Receptação e Porte de Droga em Três Lagoas.
Em Vídeo| Ventania derruba fiação e 51 animais morrem eletrocutados em Eldorado/MS
Durante abordagem, homem é preso pela Polícia Militar por furto, tráfico de drogas e porte de arma em Nova Andradina
Polícia Militar surpreende fã no seu aniversário em Coxim
Estrada Viva: projeto contará com manual de diretrizes para as obras do Governo do Estado
Previsão do Tempo:
Antologia histórica da música e literatura de MS “A Chama da Paz na América do Sul” será lançada dia 28
Conselho vai promover nova ação para que mulheres com deficiência física e visual realizem exames preventivos
Chuva dá uma trégua e semana começa com sol entre nuvens e temperaturas agradáveis
Outubro termina com oferta de 2.009 vagas de emprego em Mato Grosso do Sul 
Fundação de Turismo participa de ação promocional nos principais mercados emissores da Europa
Última semana para pagar licenciamento de veículos com placa terminada em zero
Polícia Militar prende homem que manuseava espingarda em via pública
Polícia Militar resgata arara que era atacada por cães em Rio Verde
Série B: Vasco sai na frente nos Aflitos, mas cede empate ao Náutico
Série D: Aparecidense-GO vence ABC-RN de virada e fica perto da final
Next
Prev

Assembléia Legislativa MS

ALEMS convida para Semana Estadual do Idoso com programação online

Publicado


A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) convida a todos para participar da Semana Estadual do Idoso de 25 de setembro a 1º de outubro, que realizará uma série de mesas redondas e debates online sobre diversas temáticas que envolvem as pessoas que têm mais de 60 anos de idade. O evento, promovido por meio do gabinete do deputado Renato Câmara (MDB) e da Frente Parlamentar em Defesa aos Direitos da Pessoa Idosa da Assembleia Legislativa, terá programação por diversos canais – confira a agenda do evento completa clicando aqui.

Segundo o deputado, quem também coordena a Frente, os encontros online buscam apontar caminhos e soluções para o envelhecimento com qualidade de vida. “São ações fundamentais para contribuir na criação de projetos de leis e também defender a dignidade da pessoa idosa. Aqui na Assembleia Legislativa somos parceiros de todas as pessoas que busquem os seus direitos. Participe, acompanhe nossas redes sociais e vamos juntos nessa caminhada”, convidou Renato Câmara.

Além do evento, a Frente Parlamentar em Defesa aos Direitos da Pessoa Idosa da Assembleia Legislativa enviou indicações ao Governo do Estado com pleitos para a criação das Delegacias Especializadas para Pessoa Idosa, regulamentação do Fundo Estadual da Pessoa Idosa do MS, discussão do Programa de Enfrentamento a Violência da Pessoa Idosa, ativação do Disque Idoso (Lei 4.255/2012) e ao Tribunal de Justiça a criação de uma Curadoria Judicial.

Comentários Facebook

Assembléia Legislativa MS

Programa Vida Saudável fala sobre técnica que melhora concentração e memória

Publicado

por


O programa Vida Saudável que vai ao ar nesta segunda-feira (25), traz uma entrevista com a psicóloga clínica educacional, Cristiane Araújo, que vai falar sobre treinamento do cérebro, que tem como objetivo melhorar a concentração, a memória, dentre outras coisas.

Durante a entrevista, a psicóloga explica que ao ouvir pela primeira vez sobre a atividade de treinamento do cérebro pode até parecer estranho, mas é realmente o que propõe uma atividade conhecida no mundo, mas ainda, pouco divulgada em Mato Grosso do Sul, o neurofeedback.

“Antes de falar dessa técnica, é bom saber o que não é o neurofeedback. Essa metodologia não considerada uma estratégia de treino de memória ou de aprendizagem ou de leitura dinâmica. O neurofeedback é um treinamento cerebral através de eletroencefalografia. É um treinamento fisiológico – porque trabalha com a fisiologia cerebral, ou seja, com as ondas, as frequências cerebrais, que o nosso cérebro produz a todo o momento”, explica a psicóloga que também é treinadora de Neurofeedback.

De acordo com Cristiane, os treinos auxiliam consideravelmente no melhor desempenho do cérebro como um todo. “Muitas pessoas que já tiveram o seu cérebro treinado em casos de depressão, insônia, ansiedade, compulsões, dislexia, autismo, transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), entre outros, relatam melhoras consideráveis nas queixas, pois os treinos trazem melhoras cognitivas, psíquicas e emocionais”, explica.

Para treinar o cérebro, eletrodos são colocados na cabeça da pessoa e o programa manda de volta para o cérebro o que está acontecendo com ele, como um espelho, dando reforço sonoro ou por imagens quando ele atinge o objetivo. “Como o nosso cérebro é programado para ser o mais funcional possível, quando o treinamos ele busca um funcionamento mais eficiente. Busca melhora desta atividade elétrica, deste padrão que pode estar disfuncional”, pontua a psicóloga educacional.

Segundo Cristiane, a técnica não é um tratamento. Os treinos com neurofeedback melhoram também o desempenho cerebral como um todo, sendo muito recomendado para atletas e concurseiros. “Precisamos frisar bem este ponto, o neurofeedback não é um tratamento. Quando você vai à academia fazer exercícios para melhorar sua saúde, não diz que está fazendo um tratamento. O mesmo ocorre com os treinos de neurofeedback, que podem ser realizados por qualquer pessoa, incluindo crianças, que buscam melhorar a sua qualidade de vida. Pode, também, auxiliar na melhora significativa de várias condições ou disfunções que a pessoa possa ter como, por exemplo: autismo, depressão, entre outras. Para explicar de modo simples, é como você treinar o seu corpo na academia, só que nesse caso você irá treinar o seu cérebro”, enfatiza a treinadora.

A entrevista com psicóloga clínica educacional, Cristiane Araújo, está disponível na integra no site ALEMS, basta clicar aqui.

Comentários Facebook
Continue lendo

Assembléia Legislativa MS

Decreto Legislativo oficializa calamidade pública em Itaquiraí

Publicado

por


A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) oficializou, por meio do Decreto Legislativo 734/2021, a ocorrência de estado de calamidade pública no município de Itaquiraí. A medida foi publicada nesta sexta-feira (22) no Diário Oficial do Parlamento.

A situação foi decretada em virtude de situação de emergência em partes das áreas rural e urbana, que foram afetadas por desastre classificado e codificado como vendaval, ocorrido na última sexta-feira (15).

O estado de calamidade pública fica reconhecido exclusivamente para os fins do art. 65 da Lei Complementar Federal 101, de 4 de maio de 2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal). O município deverá observar ainda as regras estabelecidas nas Leis Federais 8.666/1993 e 4.320/1964, quanto à gestão pública durante o período de calamidade pública.

Os atos e despesas decorrentes da situação de calamidade pública devem ser divulgados amplamente no correspondente Portal de Transparência. O decreto vigerá enquanto perdurar a situação que ensejou o decreto de calamidade pública pelo período máximo de 180 dias.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana